O professor Rafael Devilson entre os alunos que criaram a empresa de

A necessidade de aliar a teoria à prática nos cursos técnicos de Administração e Recursos Humanos oferecidos pela Escola Estadual Padre Menezes, em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), resultou em uma feira de empreendedorismo que reuniu cerca de 220 alunos dos módulos I e II dos dois cursos da unidade escolar.

No último dia 25/06, os professores da Educação Profissional da escola realizaram a culminância do projeto Profissionalizar para Empreender (PPE). Na oportunidade, os alunos tiveram que apresentar as empresas que criaram de acordo com os processos ensinados durante o primeiro semestre de 2019.

Entre as muitas iniciativas sugeridas e apresentadas estavam salões de beleza, restaurantes, empresa de manutenção de condomínio, confeitaria, cerimonial e transportadora, por exemplo. De acordo com o professor do curso técnico em Administração, Rafael Devilson, o cronograma dos cursos técnicos exige que pelo menos 50% do conteúdo seja ensinado por meio de aulas práticas.

“Eles tiveram que fazer tudo de maneira real: apresentaram fornecedores verdadeiros, capital de giro disponível, concorrência, análise do ponto comercial, folha de pagamento, processo de recrutamento e seleção, entre várias outras atividades que envolvem a criação de um negócio”, explicou Rafael, que elaborou o projeto em conjunto com Gisele de Jesus e Helder Rocha, também professores dos cursos técnicos da escola.

Estudantes apresentaram a empresa de rosquinhas confeitadas, conhecidas como

Avaliação da iniciativa

O professor ficou satisfeito com o resultado que, para ele, superou as expectativas. “Esperamos uma coisa e os estudantes foram muito além. Percebemos que muitos que não conseguiam entender o conteúdo na teoria, conseguiram absorver as ideias com a prática. Acredito que isso ajudará muito para o futuro deles”, conclui Rafael.

Para a aluna do módulo II do curso de Recursos Humanos, Nívea Moreira dos Santos, foi muito produtivo participar do PPE e trabalhar para apresentar sua empresa MIX Games. O empreendimento apresentado pela aluna tem o objetivo de oferecer diversão por meio de jogos online, de tabuleiro e brincadeiras antigas. “Este projeto me trouxe novos conhecimentos e múltiplas experiências que ampliaram a minha visão sobre o mercado de trabalho atual, além de representar exatamente os processos de criação de um negócio”, disse.

O Projeto Profissionalizar para Empreender (PPE) terá continuidade no segundo semestre de 2019 e a próxima feira de empreendedorismo está prevista para novembro de 2019.

 

Enviar para impressão