Neste próximo domingo (20/11), os estudantes irão encarar mais cinco horas de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Historicamente, o segundo dia apresenta taxas maiores de abstenção comparado ao primeiro dia de aplicação. Muitos estudantes seguem com dúvidas no que fazer se não foram bem no primeiro dia e, ainda, no que priorizar nesta segunda etapa do exame. Professora alerta que este é o momento de focar no descanso para alcançar a tranquilidade nas questões de matemática e ciências da natureza que engloba química, física e biologia.

Números divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apontam que o índice de abstenção foi de 26,7% no primeiro dia do Enem 2022. Esse percentual se refere às duas versões da prova, impressa e virtual, e equivale a aproximadamente 1 milhão de faltosos de um total de 3,4 milhões de inscritos. No segundo dia de prova, o número de abstenção costuma ser maior. Muitos estudantes quando não fazem uma boa prova desistem de comparecer na segunda etapa. Mas para a professora de Matemática Valéria Lanna não é necessário cair em desespero.

Valéria é professora de matemática na rede estadual de ensino e integrante do programa Se Liga na Educação da Rede Minas e sua experiência tem mostrado que os estudantes têm certa ansiedade nesta reta final. “O Enem exerce uma mudança muito grande na vida do estudante porque é através dessa prova que ele tem acesso a bolsas de estudos, acesso ao SISU, usado pelas universidades federais e estaduais para a distribuição de vagas, ProUni, FIES, entre outros. Aconselho o candidato a não pensar na prova anterior e se organizar na véspera para ter tranquilidade”, comenta a professora.

Ao todo, serão 90 questões objetivas. Devido a tamanho importância, ela aconselha os estudantes em algumas situações:

Tem uma sequência correta para resolver as questões do Enem?
Professora Valéria: Foque nas matérias de sua área de domínio. O estudante irá resolver mais rápido assuntos que ele goste e tenha interesse. Pare, leia o enunciado e vá grifando os dados para que você não tenha que ler tudo novamente.

Quais são os assuntos que mais caem na prova tendo em vista os anos anteriores?
Professora Valéria: Fiz uma pesquisa dos anos anteriores e os temas mais recorrentes em Matemática foram razões e proporções, prismas, análise de porcentagem, regra de três e leitura e interpretação de gráficos. A prova de matemática tem 45 questões, dessas 20% são de baixa complexidade. Assuntos como Copa do Mundo, eleição, situações sobre a Pandemia e inflação são assuntos que podem cair em qualquer área do conhecimento.

O que priorizar neste segundo dia de prova? Há indicação do tipo de questão resolver primeiro?
Professora Valéria: Não é legal começar a prova pelas questões complexas primeiro. O conselho é começar pelas questões de nível fácil para otimizar o tempo. Leia o enunciado, não desista e pense na interpretação. As questões mais fáceis são as que os enunciados são menores, mais objetivas ou que há figuras bem feitas como gráficos e tabelas.

Toda questão de exatas tem que usar fórmulas?
Professora Valéria: No ano passado, 20% da prova de exatas era de questões que se resolvia por lógica simples. Você não precisava de nenhuma fórmula. Eram situações que exigiam leitura e interpretação. Por isso é importante a mente estar descansada para focar e saber identificar essas situações. Mesmo as que exigem maior dedicação, não é nada complexo, são fórmulas simples como Teorema de Pitágoras e que não exigem tanto. O Enem prioriza o conhecimento, não as fórmulas.

É ideal o estudante revisar na véspera?
Professora Valéria: O candidato já estudou o ano todo, assistiu aulas, dicas, tudo já foi feito. Agora é hora de descanso para o cérebro assimilar o conhecimento que ele absorveu. Se o candidato entrar na internet ele terá várias lives, conteúdo online de revisão, mas agora é hora dele baixar a adrenalina. Dormir bem na véspera, comer comidas leves, ficar com a família, amigos, relaxar. Porque se ele chega nervoso, ‘pilhado’, ele não conseguirá focar para identificar o que é prioridade.