Secretaria Julia Sant'Anna se reuniu com diretores de escolas da SRE Sete Lagoas. Crédito: Marcelo Ernesto/SEE/MG

 

A secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Julia Sant’Anna, visitou, nesta quarta-feira (24/11), a Escola Estadual Professor Rousset, em Sete Lagoas, na Região Central do estado, e participou de uma reunião com diretores das escolas da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Sete Lagoas. Durante a conversa, Julia ouviu demandas e anseios dos gestores e também esclareceu as situações e políticas adotadas pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG). Ao todo, 32 diretores participaram presencialmente da reunião e outros 40 de forma remota.

Durante a conversa, Julia contou que a SEE tem adotado critérios técnicos e objetivos para hierarquizar e estabelecer as prioridades das demandas das escolas. Ela convidou os diretores a fazer o exercício de pensar como quem está à frente da pasta no momento de atender às solicitações. “Essas reuniões são para cada um de nós pensarmos como poderíamos ser secretários de educação. Todas as nossas escolas são extremamente importantes, mas quando eu entendo que há escolas com mais necessidades que a minha, podemos entender porque ela, eventualmente, pode ser atendida primeiro”, destacou.

Crédito: Marcelo Ernesto/SEE/MG

Durante sua fala, Julia ainda explicou aos gestores como a informatização de alguns processos, como o estabelecimento do quadro de horários, permitiu que a rede se organizasse da melhor forma, e isso permitiu, além da economia de recursos, a possibilidade de aplicação deles na contratação de especialistas para as unidades de ensino.

Na oportunidade, a secretária ainda agradeceu pelo empenho que permitiu que Minas alcançasse os melhores indicadores do último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Cada diretor e diretora é o responsável por esse índice de melhor Ideb. Por isso, queria abraçar a todos. Quando isso aconteceu, a gente já estava vivendo um novo desafio, da pandemia. Por isso, queria, mesmo tendo passado algum tempo, parabenizar por essa vitória”, afirmou.

A rede pública estadual alcançou sua maior nota na história do Ideb em Minas no ensino médio. O Estado subiu de 3.6 para 4.0 a nota no indicador de qualidade da educação no país nesta etapa da educação básica, saltando duas posições. Já nos anos finais do ensino fundamental, o índice subiu de 4.4, registrado em 2017, para 4.6, em 2019. Um crescimento de dois décimos. Nesta etapa da educação básica, a rede pública mineira ocupava a 13ª posição entre os estados da federação. Agora está na 9ª posição.

Julia Sant'Anna visitou as salas da Escola Estadual Professor Rousset, em Sete Lagoas,

Visita à escola

A secretária Julia Sant’Anna visitou as instalações da Escola Estadual Professor Rousset, acompanhada da diretora da unidade de ensino, Emilene Dias, da subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Izabella Cavalcante Martins, e do superintendente Regional de Sete Lagoas, Claudio Renato Souza Abreu.

Julia visitou algumas salas de aula e interagiu com os alunos. Animados, os estudantes participaram de um “quiz” sobre qual matéria eles consideravam mais difícil. Matemática ganhou disparado! “Tem que estudar direitinho”, aconselhou a secretária.

A conservação e a infraestrutura bem cuidada foran destacadas pela secretária, que parabenizou a gestão da unidade. “A gente sabe que a direção é boa quando vê até o chão brilhando”, pontuou. A Escola Estadual Professor Rousset tem 534 alunos nas séries dos anos finais do ensino fundamental e 624 do ensino médio.

A unidade de ensino foi beneficiada com R$ 313 mil em duas obras de melhoria na infraestrutura. Será contemplasa com nove conjuntos de mesa e carteira de professor 315 kits de carteiras para alunos, com investimento total de R$ 115.085,25. Além disso, ela recebeu um recurso de R$ 217.322,00 para a aquisição de mobiliários e equipamentos diversos.

A Escola Estadual Professor Rousset se destaca na cidade pelos resultados que vem alcançando, como por exemplo, no IDEB e no Enem. A participação nos esportes também é um referencial. A escola já conquistou vários troféus em torneios estudantis, sendo destaque nos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg).