Valor será aplicado nas obras de ampliação do hospital da UFLA para atendimento de alta complexidade, entre outros investimentos

O governador Romeu Zema anunciou nesta quinta-feira (21/10), em Lavras, no Sul de Minas, o repasse de R$ 53,3 milhões para a Universidade Federal de Lavras (UFLA). A ação é uma continuidade do Programa de Apoio às Universidades Federais de Minas Gerais, que apoiará com mais de R$ 500 milhões em recursos investimentos em dez instituições federais de ensino instaladas em Minas.

O valor para a UFLA se soma aos R$ 30 milhões já anunciados por Zema no início do mês para a consolidação do campus da universidade em São Sebastião do Paraíso, totalizando, assim, R$ 83,3 milhões para a instituição.

Os recursos serão aplicados nas obras de adequação e ampliação do hospital da UFLA para atendimento de alta complexidade e também equipagem do hospital. Além disso, será viabilizada a complementação da Usina Fotovoltaica da instituição.

Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

“O Estado tem feito este repasse para as universidades federais que têm projetos de infraestrutura. Estamos preocupados com a falta de recursos para algumas universidades que ficaram com seus projetos suspensos ou quase paralisados, e vamos destinar R$ 500 milhões para isso. Vale lembrar que é um recurso que não é para custeio, é um recurso que nós exigimos que seja para investimento, que fique um legado para a instituição e para a população”, destacou o governador.

Avanços

A secretária de Educação, Julia Sant’Anna, valorizou o momento de grandes investimentos na educação em Minas Gerais.

“Com essa gestão responsável que temos tido na educação foi possível viabilizar esse recurso para as universidades federais em um momento tão crítico desse processo de financiamento do ensino superior. Estamos conseguindo viabilizar investimentos para as nossas escolas estaduais e ainda promover o desenvolvimento da ciência no nosso estado. E isso é uma alegria muito grande para mim, como secretária”, afirmou Julia Sant’Anna.

A prefeita de Lavras, Jussara Menicucci, valorizou o investimento na universidade e os avanços que ele irá proporcionar para toda a região.

"Em um momento de grandes dificuldades o governador está liberando recursos tão importantes para as nossas universidades federais. Aqui em Lavras, vamos conseguir concluir as obras do hospital escola da UFLA, que vai atender à população da cidade e de toda a região, deixando um grande legado", afirmou a prefeita.

Também participaram do evento o deputado federal Emidinho Madeira, os deputados estaduais Antônio Carlos Arantes – primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa, Gustavo Mitre e Coronel Henrique, além de prefeitos, vereadores e demais representantes e lideranças da região.

Programa

O programa tem como objetivo garantir uma maior integração das universidades públicas federais para desenvolver projetos e ações conjuntas com a educação básica, além de promover a melhoria do ensino de qualidade do Estado por meio de investimentos nestas instituições de ensino superior.

O reitor em exercício da UFLA, Valter Carvalho de Andrade Junior, reforçou que o investimento irá permitir a conclusão do hospital universitário, melhorando a qualidade do atendimento de saúde. Ele também falou sobre a usina fotovoltaica.

“Serão colocados recursos para a ampliação da nossa usina fotovoltaica, que será fundamental para que a universidade possa produzir a sua própria energia. Nos próximos anos, 75% da energia gasta pela UFLA será produzida pela universidade, contribuindo com a sustentabilidade e com a economia de recursos que poderão ser utilizados nas atividades fins da universidade”, explicou.

Os recursos serão destinados para a realização de obras, compra de mobiliários e equipamentos, entre outros, com prazo de execução estimado que varia entre cinco e 28 meses.

Os mais de R$ 500 milhões serão usados para desenvolver 79 projetos definidos pelas universidades. Além da UFLA, serão contempladas as universidades federais de Alfenas, Itajubá, Juiz de Fora, UFMG, São João del-Rei, Uberlândia, Viçosa, Triângulo Mineiro, Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Enviar para impressão