Educadores podem se inscrever na categoria “Equipes que Transformam”, que reconhecerá o trabalho feito na área de Educação

Até o dia 19 de setembro, servidores públicos podem se inscrever para participar da quarta edição do Prêmio Espírito Público, iniciativa que tem entre seus objetivos identificar, reconhecer e valorizar profissionais com espírito público e, assim, contribuir para uma gestão mais engajada, justa e efetiva para todas e todos. As inscrições podem ser feitas pelo site www.premioespiritopublico.org.br.

Nesta edição, o Prêmio estará dividido em três categorias, de acordo do perfil do público a ser reconhecido: Pessoas que transformam, Equipes que transformam e Instituições que transformam.

Cada categoria está distribuída em Eixos setoriais, ou seja, a temática setorial na qual a trajetória ou projeto do candidato deverá se enquadrar. Os eixos contemplados nesta edição do prêmio refletem as principais agendas públicas em destaque atualmente. Os candidatos deverão se inscrever em apenas um eixo principal da sua trajetória.

O eixo setorial Educação faz parte da categoria “Equipes que Transformam”. Os grupos devem ter entre 3 e 10 profissionais públicos, sendo um representante da equipe e responsável pela inscrição. Todos devem ter ao menos cinco anos de atuação no setor público brasileiro nos últimos dez anos.

Vencedores

A escolha dos vencedores será feita por júris e comitês setoriais compostos por profissionais notáveis do setor público, academia, terceiro setor e organizações com experiência em temas afins, além de ganhadores de edições anteriores. Critérios como diversidade, impacto social, contribuição técnica, capacidade de mobilização e efeito multiplicador, iniciativa e integridade serão observados. Na categoria "Equipes que Transformam" será selecionada uma equipe vencedora. Já na categoria "Pessoas que Transformam", cada um dos cinco eixos setoriais terá três vencedores. Na categoria "Instituições que Transformam", a escolha se dará por uma votação popular.

Além de prêmios em dinheiro, de R$ 5 mil para indivíduos a R$ 15 mil para a equipe, os vencedores e vencedoras passarão por um processo de imersão de aprendizado em gestão pública e irão compor uma rede com os premiados das edições anteriores. A cerimônia será em dezembro - feita remotamente.

O Prêmio

Criado em 2018, o Prêmio Espírito Público busca ajudar na ressignificação da imagem do profissional público no Brasil, provocando uma mudança positiva de mentalidade da sociedade em relação ao setor público. O prêmio tem como objetivo ainda inspirar e estimular que outras pessoas ingressem na carreira pública e incorporem na sua atuação profissional o Espírito Público.

O Prêmio já contemplou 55 pessoas de todas as regiões do país e é uma iniciativa da Parceria Vamos, que une Fundação Lemann, Instituto Humanize e República.org, organizações que atuam no fortalecimento das lideranças do setor público e do terceiro setor.