Iniciativas vão além de projetos voltados para o setor pedagógico

Ações simples, mas eficientes, e que atendem às verdadeiras necessidades da comunidade escolar são realizadas na Escola Estadual Maria Bauab Gibram, em Campo Belo, no âmbito da Gestão Integrada da Educação Avançada (GIDE). O objetivo é o pleno desenvolvimento dos estudantes no ensino remoto. “Trabalhamos na escola ações que têm impacto. Com o que é real. São coisas simples, mas funcionais e bem organizadas”, destaca o diretor da unidade de ensino, Marcos Cristiano Melo.

Uma das iniciativas é o “Apadrinhamento”, nela toda equipe da escola fica responsável por acompanhar um grupo de alunos. “Foi uma ação que repercutiu muito positivamente. Mesmo no ensino remoto, os profissionais tiveram um contato bem próximo com os estudantes e conseguiram acompanhar ainda mais o desempenho. Com isso, atingimos 100% de participação na avaliação diagnóstica e na entrega do Plano de Estudo Tutorado (PET). Também ajudou na Busca Ativa”, afirma o diretor.

Foto: Divulgação da Escola

Outra ação, foi a elaboração de uma planilha compartilhada com todos os profissionais. Nela é possível acompanhar, por exemplo, quais alunos recebem o PET impresso ou virtual, qual estudante fez a devolutiva do material, entre outras coisas. Segundo o diretor, essa organização é muito importante para o desenvolvimento de todas as iniciativas. “Usamos uma legenda de cores e o professor consegue acompanhar cada estudante”, conclui Marcos.

Além do pedagógico

Entre as ações realizadas no âmbito da GIDE, a escola buscou envolver a comunidade escolar para além das atividades pedagógicas. Com o “Talentei”, os estudantes tiveram a oportunidade de demonstrar diferentes habilidades. “Os alunos encaminharam vídeos mostrando seus talentos. Tivemos vídeo de dança, canto, desenho, entre outros. Os vídeos foram postados nas nossas redes sociais e os mais votados foram os vencedores”, conta o diretor.

Segundo Marcos, a ação foi um sucesso. “Foi muito legal e deu uma visibilidade muito boa para a escola. Envolveu toda comunidade e aproximou ainda mais a unidade de ensino dos alunos. Descobrimos muitos talentos que não conhecíamos”.

Isabella conquistou o primeiro lugar do

Isabella Domingues Rodrigues, do 6º ano do ensino fundamental, foi a aluna vencedora do “Talentei”. Moradora da zona rural de Campo Belo, ela produziu um vídeo mostrando como plantar alface e dando “aula” para os irmãos.

GIDE no Estado

Em Minas Gerais, a GIDE é realizada por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) e a Fundação de Desenvolvimento Gerencial (FDG). A iniciativa teve início em 2019 com a participação de 251 escolas estaduais que ofertam o ensino fundamental. Com intuito de contribuir na implementação do Regime de Estudo não Presencial, a GIDE, no âmbito do programa Gestão pela Aprendizagem, foi estendida, e, neste ano de 2021, está sendo desenvolvida em 1009 unidades de ensino.