Atividades foram desenvolvidas de forma remota, envolvendo os estudantes em debates, estudos e brincadeiras relacionados à temática ambiental e à sustentabilidade

Mesmo durante as atividades remotas, as escolas da rede estadual de ensino não deixaram de desenvolver atividades diferenciadas para comemorar datas importantes com seus estudantes. Para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, por exemplo, foram realizados desafios ecológicos, palestras e lives. O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado no dia 5 de junho.

Na Escola Estadual Geraldo Bittencourt, em Conselheiro Lafaiete, os professores de diferentes conteúdos se juntaram e criaram a “Primeira Jornada GB do Meio Ambiente”. A partir da temática “Cidades Sustentáveis”, os estudantes estão tendo a oportunidade de assistir temas a partir de um bate-papo com convidados de diferentes locais.

Primeira Jornada GB foi realizada durante toda semana. Foto: Arquivo da Escola

“Os alunos estão discutindo sobre o meio ambiente a partir do local onde vivem. A cada dia da semana contamos com a participação de um parceiro. Já falamos sobre casas sustentáveis, mananciais e saneamento, entre outros”, conta o professor de geografia e coordenador das atividades, Gilsomar Sebastião Batista.

As atividades da semana também contaram com a participação de alunos da Escola Estadual Padre Afonso Lemos, do município de Cachoeira do Campo. O professor de história da escola falou sobre o tema “Patrimônio, Cultura e Preservação”. Segundo Gilsomar, uma das possibilidades que o ensino remoto traz é oportunizar a participação de parceiros que moram longe da escola.

A última live foi realizada na quinta-feira (10/6) e, a partir da próxima semana, os estudantes irão participar de concursos sobre a temática principal. “Para os alunos dos anos iniciais o concurso será de desenho. Para os estudantes do 8º e 9º ano, será de histórias em quadrinhos. E os do ensino médio irão fazer redação e vídeo e o concurso será uma complementação de um projeto que desenvolvemos de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”, conclui o professor de geografia.

Desafios para estimular a participação

Na Escola Estadual Sinfrônio Bonfim, Tarumirim, em cada turma foi desenvolvida uma atividade para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente. Segundo a diretora da unidade de ensino, Roseli Sousa de Assis, os resultados foram muito positivos. “Atividades mais práticas atraem mais a atenção dos alunos e eles gostam bastante”, ressalta.

Enzo construiu brinquedos utilizando materiais recicláveis. Foto: Arquivo Pessoal

Enzo Dias Ferreira é aluno do 4º ano do ensino fundamental. Ele conta como foram as atividades desenvolvidas pela professora Jussélia Vitalina Moreira. “Teve um desafio que eu criei um grito de guerra, em outro fiz brinquedos com materiais recicláveis e até um teatrinho com os brinquedos que eu fiz. Também aprendi a separar o lixo da minha casa. Gostei muito de fazer as atividades”.

O estudante também dá um recado sobre preservação ambiental. “Não podemos maltratar o meio ambiente e sempre temos que cuidar dele”, alerta Enzo.

Conscientização

A Escola Estadual João Lúcio da Trindade Sobrinho, localizada na zona rural do distrito Córrego Água Limpa, cidade de Chalé, aproveitou a data para conscientizar pais e alunos sobre a produção consciente da cafeicultura.

Palestra realizada no sábado letivo contou com a participação de pais e alunos. Foto: Arquivo da Escola

“Nosso intuito foi oferecer uma atividade ligada à realidade dos alunos e, como a maioria dos pais e/ou responsáveis são produtores de café, convidamos pessoas que pudessem falar de coisas relacionadas à vivência deles”, conta a especialista da escola, Renata Carlos Tuller. A palestra foi realizada no último sábado (5/6), que foi letivo, e contou com a participação dos estudantes e familiares.

Além das palestras, os alunos também participaram de diferentes atividades desenvolvidas por seus professores.