Alunos da Escola Estadual Diogo de Castro, em Papagaios, aproveitam o espaço também para atividades lúdicas. Foto: Acervo escola

 

Os preparativos para ter um ambiente escolar ainda mais agradável para os alunos da rede pública estadual quando as aulas presenciais forem retomadas seguem a todo vapor. A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) retomou, no início deste ano, o projeto de construção e cobertura de quadras poliesportivas em diversas unidades escolares.

O projeto teve início em 2011 em uma parceria com o governo federal, com utilização de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e contrapartida de investimentos por parte do estado, mas estava paralisado há alguns anos. A retomada desse investimento está sendo feita com recursos exclusivos do Governo de Minas, por meio da SEE. Ao todo, já foram liberados, de fevereiro até o fim de abril, cerca de R$ 1.7 milhão para as obras.

Os recursos estão sendo utilizados para finalização de obras que foram interrompidas e também para novas que não haviam sido iniciadas. Desde o início do projeto, em 2011, foram concluídas 363 quadras e ainda restam 220 para serem finalizadas. São reformas, melhorias, construção, além da colocação de cobertura nos espaços dedicados à prática de esportes dentro das escolas.

 

Quadra da Escola Tiradentes, em Barbacena. Foto: Acervo da Escola

 

De acordo com Pedro Diniz, coordenador de contratualização em infraestrutura da SEE, estão sendo feitos os levantamentos para que as obras das escolas que haviam sido contempladas no projeto, mas que não tiveram os trabalhos concluídos, sejam finalizadas, e também iniciados nas que nem chegaram nessa fase. “Muitas dessas obras estavam quase prontas, mas foram paralisadas. Então, estamos verificando o que precisa para que os trabalhos sejam concluídos. Tem escola esperando há anos a finalização. Com esses investimentos também será possível destravar esses contratos e, assim, poder iniciar outros”, afirma.

“Um sonho”

Na Escola Estadual Diogo de Castro, em Papagaios, na Região Central de Minas, unidade escolar contemplada ainda na fase anterior desse projeto, a conclusão da obra da quadra, em 2019, trouxe impactos importantes na comunidade escolar. De acordo com a diretora da unidade de ensino, Rosana Filgueiras, os alunos passaram a encarar a atividade física até com mais empolgação depois das melhorias no espaço. “É um sonho que nós realizamos. A gente fazia educação física, mas a quadra era descoberta, os alunos ficavam no sol. É um sonho concretizado”, comemora.

 

Antes das obras, os alunos da Escola Estadual Diogo de Castro faziam as atividades físicas no sol. Foto: Acervo da escola

 

Rosana ainda destaca a qualidade da obra e como a aplicação dos recursos na construção melhorou até a autoestima dos alunos. Exemplo que comprova a importância da iniciativa do Estado em investir na retomada das obras de quadras poliesportivas nas escolas estaduais mineiras. “Eles amam! Respeitam o espaço, cuidam dela. A repercussão foi excelente”. A função multiuso também expandiu as possibilidades do espaço. “É uma quadra que podemos fazer jogos interestaduais, entre escolas. O impacto foi não só na comunidade escolar, mas em toda a cidade”, afirma a diretora.

Escolas em 166 municípios de todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs) espalhadas pelo estado estão sendo beneficiadas nesta nova etapa.

Enviar para impressão