Recitais de poema e realização de jogos estão entre os exemplos utilizados por escolas de diferentes regiões do estado durante as atividades remotas

As escolas da rede pública estadual de ensino mineira estão desenvolvendo diversas ações e iniciativas para estreitar ainda mais os laços com os estudantes e incentivá-los na realização das atividades propostas pelo Regime de Estudo não Presencial, implementado pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) durante a pandemia da Covid-19. Nas unidades de ensino que participam da Gestão Integrada da Educação Avançada (GIDE), por exemplo, atividades que envolvem artes e jogos estão presentes no dia a dia dos estudantes.

Na Escola Estadual Henrique Sapori, os alunos chegam a vestir o uniforme para participar do Recital de Poemas. Foto: Arquivo da Escola
Na Escola Estadual Henrique Sapori, localizada em Ribeirão das Neves, foi criado o “Recital de Poemas” e, uma vez por mês, sempre na sexta-feira, os alunos encaminham vídeos lendo, recitando ou apresentando um teatro referente à um poema lido ou criado por eles. “Os vídeos são gravados pelos pais e encaminhados nos grupos que temos em um aplicativo. Participam os alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental”, conta a diretora da unidade de ensino, Martha Nascimento.

A cada mês é trabalhado uma temática diferente. Em novembro, em comemoração ao Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro, o tema é “Recital de poemas – Respeito não tem cor”. Segundo Martha, a iniciativa deu muito certo e foi “abraçada” por pais e alunos. “Está maravilhoso. É incrível ver os alunos participando e interagindo. Alguns chegam a colocar uniforme para as apresentações. Foi uma forma que encontramos de estar mais próximo deles neste momento de isolamento social”, conclui a diretora.

Já na Escola Estadual Cesário Alvim, em Ubá, uma gincana de entrega das atividades dos Planos de Estudos Tutorados (PETs) e um jogo foram as ações que movimentaram os estudantes nas últimas semanas. “A nossa gincana foi para estimular os alunos na realização das atividades dos PETs”, destaca a diretora, Deise de Paula Rocha Moreira. Os alunos que se destacaram na gincana assistiram a um filme e participaram de atividades interdisciplinares e, no final, ainda teve a indicação dos estudantes que mais acertaram as respostas dessa ação. Segundo Deise, as atividades praticadas pela escola foram consolidadas após a implementação da GIDE na unidade. “Conseguimos avançar bastante com o apoio da GIDE”, conclui.
A aluna Raquel Cristina  foi um dos destaques nas ações promovidas pela Escola Estadual Cesário Alvim. Foto: Arquivo da Escola

GIDE no Estado

Em Minas Gerais, a GIDE é realizada por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) e a Fundação de Desenvolvimento Gerencial (FDG). A iniciativa teve início em 2019 com a participação de 251 escolas estaduais que ofertam o ensino fundamental. Com intuito de contribuir na implementação do Regime de Estudo não Presencial, a GIDE, no âmbito do programa Gestão pela Aprendizagem, foi estendida, neste ano de 2020, para mais 774 escolas estaduais.