Feira foi realizada nos dias 15 e 16 de novembro

A experiência prática empreendedora de alunos do programa Meu Primeiro Negócio foi um sucesso. Com faturamento de cerca de R$ 7 mil, os estudantes comercializaram 753 produtos durante os dois dias da feira do projeto, realizada no Minas Shopping e que faz parte do FINIT Festival. Expor, divulgar, negociar e vender as mercadorias foram algumas das atribuições que cerca de 650 alunos, com idades entre 15 e 18 anos, fizeram exaustivamente. Motivo de muita comemoração para celebrar o êxito da primeira grande experiência de empreendedorismo.

Após meses dentro das salas de aula, os estudantes, enfim, puderam ter contato com o público e colocar em prática objetivos do programa: despertar o comportamento empreendedor e proporcionar a experiência em vendas. Oportunidade para a garotada vender as mercadorias e ficar frente a frente com o consumidor final para vender suportes e capinhas de celular, luminárias, almofadas e sabonetes, entre outros produtos. Tudo personalizado durante o processo de produção.

Foto: Foto: Alexandre Landim

Durante os dois dias da Feira do Meu Primeiro Negócio, 650 alunos, de 49 escolas públicas de ensino médio, passaram pelo espaço destinado ao empreendedorismo juvenil. Ao todo, foram comercializados 753 produtos, resultando no faturamento de cerca de R$ 7 mil. Além de vivenciar o dia a dia de um negócio, a Feira do Meu Primeiro Negócio também foi uma grande troca de experiência para os alunos, que saíram de 25 cidades mineiras e vieram para Belo Horizonte pra o evento.

A coordenadora do projeto, Jéssica Rangel, afirma que os estudantes alcançaram o objetivo proposto pelo programa. “Cada um pôde despertar o comportamento empreendedor e colocar em prática as etapas vivenciadas dentro da sala de aula. Isso contribui para que eles possam chegar mais preparados ao mercado de trabalho e com toda a bagagem adquirida ainda no ensino médio”, explica.

Meu Primeiro Negócio
Neste ano, o Meu Primeiro Negócio atendeu aproximadamente 12 mil adolescentes em mais de 200 cidades mineiras. Ao longo de 12 semanas, estudantes, monitores e voluntários se encontraram semanalmente para aprender conceitos de livre iniciativa, produção, comercialização de produtos, entre outros conteúdos. O programa de educação empreendedora é uma iniciativa do Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e a Junior Achievement Minas Gerais.

Fonte: Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior