Municípios devem manifestar interesse na adesão

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) está compartilhando com as prefeituras do Estado uma metodologia que irá auxiliar as escolas municipais a construírem um diagnóstico da sua realidade e, a partir dele, construir coletivamente uma avaliação interna da escola. Os Itinerários Avaliativos já foram implantados nas escolas da rede estadual de ensino e, a partir de agora, estão à disposição dos municípios.

Os Itinerários Avaliativos para a rede municipal será realizado em duas etapas: a primeira consiste em uma capacitação para os profissionais da educação e a segunda, na construção de um Plano de Ação.

Para capacitar os educadores, será ofertado um curso on-line à distância, que é desenvolvido em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed) Juiz de Fora e acontece na plataforma moodle. A partir dele, os profissionais receberão orientações que irão auxiliar na criação dos Planos. A capacitação é baseada nos quatro eixos de análise propostos pelos Itinerários: Direito à aprendizagem; Gestão democrática e participativa; Fortalecimento do trabalho coletivo; Relação da escola com a comunidade.

Para a realização dos Itinerários Avaliativos, as escolas municipais poderão acessar o Sistema de Monitoramento da Aprendizagem. É nele que a escola irá buscar todos os dados necessários para a análise, como resultados das avaliações do Programa de Avaliação da Alfabetização (PROALFA) e do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (PROEB), dados educacionais provenientes do Censo Escolar, além de alguns indicadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Em forma de passo a passo, os Itinerários Avaliativos estruturam uma sequência lógica e encadeiam três momentos básicos: o da elaboração de uma avaliação interna da escola e seu impacto na aprendizagem; o da definição de uma agenda mínima de ações a serem implementadas; e o do monitoramento e avaliação de cada uma dessas ações, que compõem o Plano de Ação da escola.
Na rede estadual de ensino, as escolas participaram da capacitação e realizaram os Itinerários Avaliativos em 2017. Este ano, elas estão na fase de revisão dos Planos de Ação.

A adesão aos Itinerários Avaliativos irá potencializar a integração entre Estado e municípios, uma ação prevista na organização do Sistema Integrado de Educação Pública, que prevê que, entre outras coisas, o fortalecimento das escolas públicas como instituições de promoção de igualdade de oportunidades para todos e todas, como explica a superintendente de Avaliação Educação da SEE, Geniana Guimarães Faria. “Ao aderir aos Itinerários Avaliativos e Sistema de Monitoramento da Aprendizagem, os municípios estarão ampliando a sua participação no Sistema Mineiro de Avaliação (SIMAVE). As escolas das redes municipais já fazem as avaliações externas (PROALFA E PROEB) e agora terão a oportunidade de fazer a avaliação interna, pensar sobre seus resultados e indicadores e elaborar um Plano de Ação mais condizente com a realidade de cada escola”, afirma.

Para fazer a adesão e ter acesso ao Sistema de Monitoramento da Aprendizagem e aos Itinerários Avaliativos, é necessário que a prefeitura encaminhe um e-mail para adesaosistemademonitoramento@educacao.mg.gov.br e manifeste interesse na adesão. Não haverá custo nenhum para a prefeitura, que deverá assinar um termo de adesão com a Secretaria. Até o momento, 265 municípios já manifestaram interesse na adesão.