Atividades da Feira acontecerão até o dia 26 de maio

Até o próximo sábado (26/05), estudantes e professores das escolas da Superintendência Regional de Ensino (SREs) de Leopoldina têm a oportunidade de participar das atividades da primeira Festa Literária de Leopoldina (FLILEO). A regional de Leopoldina participa da organização da Feira, onde estão sendo realizadas palestras, oficinas de leitura e desenvolvimento de práticas docentes, sarau literário, feira de troca de livros, exposições, encontro com autores leopoldinenses, lançamentos de livros, apresentação teatral e encontro de fanfarras.

No dia 26, na Praça Félix Martins, trabalhos de estudantes e professores das redes públicas e privadas serão apresentados para a comunidade. Serão exposições de textos literários, poesias, desenhos e HQs, charges, cartuns, cartazes, lançamentos de livros, teatros de fantoches, grupos de dança, apresentações musicais, paródias e banda.

Na Escola Estadual Sebastião Silva Coutinho alunos já estão se preparando para a culminância da Festa. Foto: Arquivo da Escola

“A apresentação dos trabalhos marcará a culminância da Festa. Fizemos um trabalho com nossos diretores e especialistas para que eles pudessem desenvolver, desde o início do ano, atividades voltadas para a leitura. Os resultados desses trabalhos estarão presentes na FLILEO. Cada escola vai ter uma tenda e também poderão fazer apresentações artísticas”, conta a assessora pedagógica da SRE de Leopoldina, Ana Paula de Moura Ferreira Dias.

Na Escola Estadual Sebastião Silva Coutinho, em Leopoldina, a preparação para a participação na FLILEO está movimentando alunos dos anos finais do Ensino Fundamental, Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Na escola, já é desenvolvido há três anos o projeto de leitura “Ler transforma sua vida”, que homenageia a cada ano um autor diferente e estimula os alunos a lerem obras do escritor e a conhecer um pouco mais sobre eles. Dentro das ações do projeto de leitura, acontece o “Pare e leia”, no qual uma vez por semana, nas aulas de Língua Portuguesa, os alunos vão para o pátio ou praças da cidade para ler um livro.

Para a culminância da Feira, a escola preparou uma atividade diferente. “Serão fragmentos de poesia de diversos autores. Colocamos as frases dentro de capsulas de remédio. Os alunos da EJA confeccionaram a embalagem com material reciclado, o Ensino Fundamental separou as frases e os alunos do Ensino Médio fizeram as bulas. Para entregar os ‘medicamentos’, os estudantes farão esquetes. Alguns irão se vestir de doutores da poesia, outros de poetas ou rappers, sempre fazendo uma intervenção diferente”, conta a especialista educacional Heloísa Soares Fialho Portugal.

Festa Literária de Leopoldina  oferece várias oficinas e atividades para o público, em especial para estudantes. Foto: Arquivo SRE de Leopoldina

Os alunos e professores também participaram da programação da Festa. “Eles assistiram à exibição de filmes, fizeram oficina de desenho e de história em quadrinho, e participaram de palestra. Estão trazendo um bom retorno. Para o futuro, acho que poderia incluir também uma oficina de dramatização, porque os estudantes gostam muito”, conclui Heloísa.

A Festa Literária de Leopoldina oferece atividades para o público até o dia 26 de maio. Confira AQUI a programação completa do evento.