Alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio serão os protagonistas das produções

Os estudantes interessados em participar do concurso de vídeos “Desconstruindo Práticas Machistas No Cotidiano das Escolas” devem ficar atentos ao período de inscrição da iniciativa. O prazo para participar do concurso termina nesta sexta-feira (18/05). O concurso é realizado pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG), em parceria com a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais (Sedpac-MG) e a emissora Rede Minas.

Podem participar do concurso, alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio das escolas da rede estadual. Cada escola poderá inscrever apenas um documento audiovisual em cada eixo temático do concurso. As inscrições são gratuitas.
Para se inscrever, as escolas deverão, primeiramente, postar o documento audiovisual no site www.youtube.com, no modo privado, e compartilhar apenas com o endereço desconstruindomachismonaescola@gmail.com . O segundo passo é preencher o formulário de inscrição online que está disponível AQUI .

O objetivo do concurso é debater sobre o machismo e a importância da desconstrução desse conceito dentro das escolas. Os vídeos poderão ser produzidos por estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental e pelos alunos do Ensino Médio, e cada escola estadual poderá enviar dois vídeos, um sobre cada eixo: “Empoderamento de Jovens Meninas”, que visa expor o reconhecimento das mulheres na sociedade, do seu valor, de suas conquistas e de suas lutas por direitos; e “Meninos Pelo Fim da Violência”, que pretende mostrar os jovens adolescentes como não como protagonistas dos atos violentos, e sim da luta pelo fim deles.

Os vídeos podem ser feitos com celulares, câmeras digitais ou outros equipamentos de filmagem que os alunos tiverem às mãos. Serão selecionadas 10 produções de cada eixo e as vencedoras serão veiculadas na programação da Rede Minas. Além disso, os produtores dos vídeos escolhidos ganharão uma visita ao Plug Minas, em Belo Horizonte, para conhecerem mais sobre o espaço onde o foco é o protagonismo juvenil.

Outras informações podem ser acessas em www.educacao.mg.gov.br, www.direitoshumanos.mg.gov.br e no edital do concurso.

Enviar para impressão