Palestras têm como objetivo despertar o interesse dos estudantes pelo universo literário

Despertar o interesse dos estudantes pelo universo literário e destacar a importância da leitura e da escrita no ambiente escolar. Esses foram alguns dos objetivos do Ciclo de Palestras promovido pela Biblioteca Machado de Assis, da Escola Estadual Nossa Senhora de Lourdes, localizada em Maria da Fé. “As atividades tinham o propósito de promover a reflexão, principalmente nos alunos do Ensino Médio, que estão na etapa final da educação básica, sobre a importância da literatura no desempenho acadêmico”, explica Priscila Moraes, bibliotecária da instituição.

foto 2

Iniciativa do projeto “Clube de Leitura”, idealizado pela servidora, as palestras foram realizadas ao longo do segundo semestre de 2017 e reuniram estudantes dos três anos do Ensino Médio. “Discutimos, entre outros assuntos, sobre o papel fundamental da alfabetização e a importância do letramento. A ideia foi proporcionar aos educandos uma visão ampliada sobre temas presentes nas salas de aula”, comenta o professor Vanderlei Framil, um dos palestrantes.

Segundo Framil, a leitura é um aporte para a formação pessoal dos estudantes. “Além da aquisição de conhecimentos, eles, por meio da interpretação das informações de livros e periódicos, vão fundamentar seus posicionamentos, de forma crítica, sobre os acontecimentos que permeiam a vida em sociedade”, diz.

Os clássicos da literatura brasileira e estrangeira também ganharam espaço com a palestra “A importância de ler os clássicos”. “Quando proporcionamos aos alunos o contato com bons livros, possibilitamos que abstraiam conceitos relevantes para o conhecimento acadêmico”, ressalta Priscila, acrescentando que foram utilizadas obras do acervo da Biblioteca que fazem parte do cânone literário. “São livros que os ajudam a compreender de maneira ampla a história e a cultura do nosso país”, conclui.
Outro objetivo do Ciclo de Palestras, de acordo com o professor Vanderlei Framil, foi contribuir para tornar os alunos leitores ativos. “Eles precisam interagir com o conhecimento transmitido pelos livros para, então, desconstruírem e ressignificarem a realidade de maneira positiva”, afirma.

Acompanhando o pensamento do professor, Priscila pontua que é importante desmistificar a obra literária como um passatempo. “Buscamos, durante o Ciclo de Palestras, reforçar que, além de uma forma de distração, os livros são as principais fontes para compreendermos e discutirmos o momento social e histórico em que foram escritos”, diz.

foto 4

Nas vésperas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que ocorreu nos dias 05 e 12 de novembro, a Biblioteca Machado de Assis sediou palestra sobre a escrita da dissertação argumentativa, repassando aos presentes dicas para facilitar a elaboração da redação exigida no exame. Atualmente, a Escola Estadual Nossa Senhora de Lourdes conta com 1039 alunos, sendo 599 matriculados nos três anos do Ensino Médio.

Por William Campos Viegas (ACS/SEE-MG)