Seminário promovido pela SRE contou com a participação intensa das escolas dos 23 municípios de sua base territorial

Com a presença da subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Augusta Mendonça e do diretor do Ensino Médio, Wladimir Coelho, a Superintendência Regional de Ensino (SRE) Caxambu realizou, no dia 18/08, seminário para discutir a Avaliação dos Resultados do Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública (Simave). O Seminário, que reuniu diretores de escolas, especialistas, inspetores e analistas pedagógicos das 43 escolas estaduais de 23 municípios que compõem o território da Superintendência, aconteceu na Escola Estadual Nossa Senhora de Mont Serrat, em Baependi.

A participação dos profissionais da Educação foi intensa com mais de 120 presentes. Foto: Arquivo SRE/Caxambu

O encontro abriu os trabalhos para realização da Semana “Escola em Movimento “, que acontece de hoje até sábado (de 22 a 27 de agosto) cujo objetivo é proporcionar um momento de diálogo, reflexão e planejamento pedagógico coletivo que esteja em sintonia com os princípios de gestão democrática e permanência dos estudantes na escola.

Segundo a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Augusta Mendonça, todas as escolas estaduais de Minas estarão discutindo na semana de 22 a 27/8 as avaliações interna e externa, para que possam apresentar “os resultados às suas comunidades e discutir, em conjunto, propostas que possam promover a equidade, a melhoria do ensino e planos para melhor desempenho dos alunos”.

A superintendente de Caxambu, Adelaide Maria Casas Vilela, ressaltou a importância da presença da subsecretária e do diretor de Ensino Médio no Seminário. “Fez o diferencial, porque valorizou a discussão e demonstrou a prioridade dada pela Secretaria de Educação às políticas de gestão democrática e participativa. Foi uma oportunidade de discutirmos o documento orientador sobre a Semana distribuído a todas as escolas do estado”, observou ela.

Durante o evento vários temas e projetos foram discutidos, segundo a superintendente, e houve trocas de experiências realizadas pelas escolas em programas e projetos como o Escola Aberta e a Educação integral. “Esta troca permitiu mostrar como é possível desenvolver coisas diferentes com interação da comunidade escolar”.
Leia também: https://www.educacao.mg.gov.br/component/gmg/story/8213-escolas-estaduais-promovem-semana-escola-em-movimento

Enviar para impressão