Estudo é feito por pesquisadores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)

Pesquisadores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) estão realizando um estudo para conhecer as condições de saúde e trabalho dos professores da rede estadual de ensino durante a pandemia da Covid-19. A pesquisa, que será realizada até esta sexta-feira (11/9), por meio de formulário eletrônico, conta com o apoio da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG).

Podem participar professores que atuam em escolas estaduais ou que trabalharam na rede em algum momento no primeiro semestre de 2020. Os interessados devem responder a um questionário, por meio de celular ou computador com acesso à internet. O preenchimento das informações leva, aproximadamente, 20 minutos.

As perguntas são divididas por blocos de assuntos. É importante que o participante não deixe questões sem responder. Na dúvida, a orientação é procurar a alternativa que mais se aproxime da sua realidade. Os pesquisadores garantem o sigilo total das informações. No formulário, os educadores encontrarão questões referentes ao perfil sociodemográfico e possíveis mudanças em sua vida devido à pandemia, como condições de trabalho e uso de tecnologias; situações de saúde e ocorrência de casos de Covid-19; dificuldades enfrentadas; convivência familiar; hábitos e comportamentos durante o isolamento social; entre outros.

A equipe do projeto ProfsMoc é composta por profissionais das áreas de educação física, enfermagem, odontologia, nutrição, psiquiatria, fisioterapia, matemática, pedagogia e comunicação social. A partir dos resultados da pesquisa, serão realizadas ações de intervenção com os participantes. Os dados também serão encaminhados para a SEE/MG.


Para participar da pesquisa, acesse AQUI o formulário.