Apostilas são entregues nas casas dos estudantes, sempre seguindo as orientações da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

Para garantir que o maior número possível de estudantes da rede pública estadual de ensino tenha acesso ao Plano de Estudo Tutorado (PET), ferramenta estruturante e principal instrumento do Regime de Estudo não Presencial, as escolas têm firmado diferentes parcerias para entregar as apostilas impressas para os alunos que não têm acesso aos meios digitais.

Além dos diretores das unidades de ensino, os PETs impressos estão chegando, com toda segurança sanitária, às mãos dos alunos por meio de policiais militares, padres, leiteiros e agentes de saúde. “É muito bonito ver a união da comunidade para garantir o direito do estudante à educação. Em um momento como esse, atitudes assim fazem toda a diferença”, destaca a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna.

O Sargento Rodrigo Lopes da Rocha auxiliou na entrega para alunos da E. E. Professor José Mesquita de Carvalho, em Belo Horizonte. Foto: Divulgação Escola

Uma das parcerias firmadas pela educação para a distribuição do material é com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). A ideia é que os militares auxiliem as escolas em situações excepcionais e em localidades de difícil acesso. A entrega do material é feita por militares que atuam no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), na Patrulha Escolar e/ou na Patrulha Rural.

A Escola Estadual José Franco, localizada no distrito de São Pedro de Caldas, fica a cerca de 30 km da sede do município de Caldas. A principal fonte de renda no distrito é o laticínio e foi sabendo disso que a diretora da escola resolveu fazer uma parceria para entrega do material. “Os leiteiros vão até os bairros para buscar leite. Conversamos com os donos dos laticínios e eles aceitaram nos auxiliar. Orientamos os leiteiros sobre os cuidados que deveriam ser tomados e ligamos para as famílias para avisar o dia que o PET ia ser entregue”, conta a diretora, Rita Izabel do Carmo Goveia.

Na escola também foi feita a parceria com agentes da saúde da família, como explica a diretora. “Fizemos um mapeamento para ver qual estratégia funcionava melhor para cada aluno e as parcerias estão sendo um sucesso. Com o PET volume II, conseguimos fazer a entrega em tempo recorde”.

A parceria com os leiteiros fez com que a E. E. José Franco, localizada no distrito de São Pedro de Caldas, no município de Caldas, entregasse o PET Vol.II em tempo recorde. Foto: Arquivo da Escola

Na Escola Estadual Josefina Vieira, em Santa Rita de Minas, a distribuição dos PETs é feita em parceria com o Conselho Tutelar, a prefeitura, por meio do transporte escolar, e com o padre Matias. “Sem as parcerias conseguiríamos entregar o material, mas seria mais difícil. Com a ajuda, fica mais ágil”, destaca o diretor da escola, Cleidimar Gomes de Souza.

Uma das entregas que contou com a participação do padre Matias José Pereira foi na casa da aluna Maria Letícia Kinupe. “É uma oportunidade que temos de estar mais próximos da escola. A família abriu as portas e foi uma acolhida muito boa”, afirma. Maria Letícia é aluna da educação especial e recebeu em sua casa um PET adaptado à sua necessidade.

Na E.E. Josefina Vieira, em Santa Rita de Minas, o padre Matias José Pereira entregou o PET adaptado para a aluna Maria Letícia Kinupe.  Foto: Arquivo da Escola

Em muitas cidades mineiras, uma parceria que tem sido feita é com as prefeituras. Um exemplo pode ser encontrado na Escola Estadual Romeu Perdigão, em São José do Goiabal. “Eles disponibilizaram os carros e os motoristas para que pudéssemos entregar os PETs para os nossos alunos. Essa parceria vem desde o primeiro volume e, se não fossem eles, teríamos dificuldade para alcançar todos os estudantes que não têm acesso à internet”, afirma a diretora da escola, Rosilainy Batista.

Planos de Estudo Tutorados

Os PETs são apostilas disponibilizadas, gratuitamente, que são utilizados como material de estudo e como guia para nortear as atividades desenvolvidas pelos estudantes. Contudo, não são livros didáticos e as escolas e professores podem incrementar o conteúdo com outras ferramentas no momento de trabalhar as disciplinas com os alunos. Os Planos de Estudos Tutorados fazem parte do Regime de Estudo não Presencial, implementado pela SEE/MG neste momento de isolamento social, causado pela pandemia da Covid-19, em que as atividades escolares presenciais estão suspensas por tempo indeterminado.

Na E. E. Romeu Perdigão, em São José do Goibal, a diretora, Rosilainy Batista, e a vice-diretora, Amaurie Enia da Silva Martins, contaram com o apoio da prefeitura para distribuir os PETs. Foto: Arquivo da Escola

Para os alunos que têm acesso aos meios virtuais, os PETs podem ser acessados pelo site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br ou pelo aplicativo Conexão Escola. Já os estudantes que não têm celulares ou acesso à internet, o material é entregue impresso em suas residências, sempre respeitando as determinações da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.