PETs já podem ser acessados por alunos e professores 

A rede estadual de ensino mineira está iniciando um novo ciclo do Regime de Estudo não Presencial. Nessa semana, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) disponibiliza para alunos, pais e/ou responsáveis e professores o segundo volume do Plano de Estudo Tutorado (PET). O material traz conteúdos e atividades que representam a continuidade ao primeiro volume do PET e contou com o apoio de universidades mineiras.

O PET Vol II foi produzido pelos professores da rede estadual de ensino e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação Seccional Minas Gerais (Undime-MG) auxiliou na elaboração do material voltado para a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental. Já as universidades mineiras auxiliaram no processo de revisão de conteúdo e ortografia.

Segundo volume dos PETs pode ser acessado no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br. Foto: Divulgação SEE

Cada universidade apoiou na revisão do material por área do conhecimento: a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) fez a revisão de matemática, a Universidade Federal de Viçosa (UFV) ficou responsável pelos conteúdos de ciências humanas  e linguagens e a Unimontes fez a revisão dos conteúdos de ciências da natureza. A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC MG), a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) e a Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) também apoiam a Secretaria na revisão dos materiais e somam a esse time para o Vol III.

Para baixar o PET Vol II, pais e/ou responsáveis, alunos e professores que têm acesso à internet, podem acessar o site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br ou o aplicativo Conexão Escola e localizar o material relacionado ao ano de escolaridade, disponibilizado gratuitamente. Não é necessário imprimir o material, os exercícios e atividades podem ser feitos no caderno ou em uma folha a parte de modo que as atividades possam ser apresentadas posteriormente ao professor.

Já para aqueles alunos que não têm celulares ou acesso à internet, os PETs serão entregues, de graça, em suas residências. Sempre respeitando as determinações da Secretaria de Estado de Saúde (SES). A partir de um levantamento cuidadoso feito pelos diretores escolares foi possível saber, nominalmente, a necessidade de cada aluno da rede.

No primeiro ciclo de atividades do ensino remoto na rede estadual mineira, cerca de 97,5% dos estudantes tiveram acesso aos materiais do Regime de Estudo não Presencial. Aproximadamente 400 mil PETs foram impressos e entregue nas residências dos alunos que não têm acesso aos meios digitais.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado do primeiro ciclo e indo para o segundo muito mais animados e preparados. Alcançamos 97,5% dos nossos alunos e estamos tendo a oportunidade de fazer uma busca ativa dos estudantes já que os diretores conhecem, nominalmente, a necessidade de cada um”, destaca a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna.

Importante destacar que a SEE/MG, desde o início do Regime de Estudo não Presencial, conta com um canal aberto para que sejam enviadas sugestões, questionamentos e dúvidas sobre os Planos de Estudos Tutorados. As contribuições podem ser encaminhadas para o e-mail escoladeformacao@educacao.mg.gov.br.