Teleaulas são exibidas, na Rede Minas, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30

Na última segunda-feira (18/5), Huggo Camargos Bonfim entrou no quarto da mãe, Simone Bonfim Cordeiro, bem cedinho. A animação estampada no rosto do jovem deixou claro para a mãe que algo de bom tinha ocorrido. Aluno do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Alfredo Sá, em Teófilo Otoni, Huggo tinha acabado de assistir às primeiras horas de teleaulas do programa de estreia do “Se Liga na Educação” e, segundo a mãe, empolgado falava “mãe é muito bom! A professora explica muito bem”.

O entusiasmo de Huggo foi passado para a irmã, Haimmy Souza Cordeiro, que foi acordada pela mãe e se preparou para o retorno às aulas, só que de forma não presencial. “Ela levantou, vestiu o uniforme da escola e colocou o tênis novo. Até o laço no cabelo minha filha colocou. Estava muito empolgada”, conta Simone.

Estudantes de todo o estado marcando a SEE nas redes sociais e compartilhando um pouco da rotina de estudos. Foto: Divulgação SEE

Na área da casa, a mãe e os avós já haviam organizado tudo. “Colocamos a televisão e sintonizamos na Rede Minas. Pegamos mesa, cadeira e até uma maçã para a hora do lanche. Fizemos como se fosse uma salinha e ela ficou com os olhinhos fixos na televisão. Quando acabou a aula foi para a cozinha almoçar e contar como foi o primeiro dia de aula”, relembra Simone.

A opinião da Haimmy, que é aluna do 5º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Deputado Geraldo Landi, em Teófilo Otoni, é que a teleaula atendeu suas expectativas. “A primeira aula ensinou sobre o que devemos fazer para ser um bom leitor. A professora também foi muito boa. Ela fala as coisas devagar e explica bem”, diz.

Huggo Camargos Bonfim também aprovou o programa. “Estou assistindo todos os dias e gostando bastante das explicações que estão sendo dadas. É uma continuidade do que eu estava aprendendo na escola. Vai dar tudo certo”, afirmou.

Hainny e seu irmão Huggo estudando após assistirem ao Se Liga na Educação. Foto: Arquivo Pessoal

Mãe e filho assistindo juntos

Em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Flávia Avelar está assistindo ao “Se Liga na Educação” junto com seu filho, Samuel Avelar, que é aluno do 8º ano da Escola Estadual Afonsino Altivo Diniz.

Eles estão assistindo ao programa pela internet e contam como está sendo a experiência. “Está muito bom. Estamos assistindo também as aulas do 7º ano para ajudar a relembrar o conteúdo. Quando termina, o Samuel faz o exercício”.

Flávia e o filho Samuel assistem juntos ao Se Liga na Educação. Foto: Arquivo Pessoal

Para o estudante, assistir às aulas ao lado da mãe é uma experiência positiva. “O estudo junto com a minha mãe está muito bom. Juntos debatemos os assuntos que foram passados”, afirma Samuel.

Além de elogiar as teleaulas, Flávia também destaca a atenção que a escola está tendo com os pais e alunos. “A escola está nos deixando seguros e informados. A diretora está nos dando um suporte muito bom. Temos um grupo de WhatsApp e lá ela tira todas as nossas dúvidas”, destacou.

Audiência na estreia

Já na estreia, o programa alcançou números relevantes. Só no canal da emissora no Youtube foram registrados picos de cerca de 270 mil visualizações simultâneas e  mais de 1 milhão visualizações da transmissão do programa. A interação dos estudantes com o “Se Liga na Educação” também foi outro ponto alto. Os canais de atendimento receberam mensagens de todas as partes do estado, sendo a maior parte encaminhada via Whatsapp.

O Se Liga na Educação

O programa de TV “Se Liga na Educação” está sendo exibido pela Rede Minas, de segunda a sexta-feira, nos dias úteis, pela manhã. As teleaulas vão priorizar os conteúdos que os alunos têm mais dificuldades e, além disso, uma hora da programação será transmitida ao vivo, permitindo que os estudantes possam interagir e tirar dúvidas.

Os conteúdos foram distribuídos por área de conhecimento. Na segunda-feira, a temática será linguagens (Português, Inglês, Literatura, Artes e Educação Física). Na terça-feira, o assunto é Ciências Humanas (História e Geografia). Matemática será estudada na quarta-feira. Quinta será a vez das Ciências da Natureza (Biologia, Química e Física). E na sexta-feira uma programação específica voltada para os alunos que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para os estudantes que não conseguirem assistir ao “Se Liga na Educação” no momento da transmissão ou queiram rever os conteúdos apresentados, a SEE disponibilizou os vídeos das aulas no aplicativo Conexão Escola, no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br e no youtube da SEE.

Para mais informações sobre a programação do “Se Liga na Educação” e para acessar os vídeos das teleaulas, entre no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br.

Experiência compartilhada

Para que pais e estudantes possam compartilhar seus momentos de estudo em casa, a Secretaria de Educação criou a #estudeemcasamg. As fotos estão sendo compartilhadas nas redes sociais da SEE, no Instagram e no Facebook. O objetivo é conhecer um pouco como está sendo a experiência dos estudantes.