Secretária de Educação de Minas, Julia Sant

 

A secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, participou, nessa quarta-feira (15/04), de Reunião Especial no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais para falar sobre a atuação da pasta no combate à pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid 19). Durante a audiência, Julia esclareceu aos deputados como vai ocorrer o ensino não presencial para os alunos da rede estadual e o trabalho remoto dos servidores.

Em quase quatro horas de reunião, Julia Sant’Anna detalhou que todas as medidas remotas de educação foram feitas observando experiências exitosas de outros estados e que o modelo que está sendo implementado em Minas considerou o cuidado com as famílias, alunos e profissionais da educação. Segundo ela, foram escolhidas ferramentas que consideraram as especificidades observadas em cada região do estado e que o modelo combina possibilidades on-line e off-line. Assim, conseguirá chegar aos estudantes de diversas maneiras.

Julia Sant’Anna destacou que o regime de estudos não presencial observou três premissas para ser construído: o rigor epidemiológico, a necessidade de continuidade dos estudos em tempos de crise e o modelo de contingência. “Neste momento, o que a gente pretende, e com todo o esforço da minha equipe, que tem trabalhado 24 horas por dia praticamente, e que seja uma proposta que não demore muito. A gente entende que a distância dos alunos desse processo de escolarização têm causado muito sofrimento”, ressaltou.

Em resposta à presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, deputada Beatriz Cerqueira (PT), a secretária avaliou que a retomada das atividades das escolas está sendo feita de forma a garantir que as atividades ocorram de forma cuidadosa, para que os alunos não sejam prejudicados, já que a previsão é que o retorno às salas de aula ainda deve demorar alguns meses, de acordo com estimativa de especialistas da Secretaria de Estado de Saúde (SES). “A gente precisa manter a serenidade, tranquilidade, porque com vida não se brinca. Mas a gente precisa trazer de volta a esperança para este jovem, pois a educação também precisa estar na vida dele, para que que quando isso tudo acabar, esse caminho de progresso seja garantido”, avaliou.

A secretária Julia ainda destacou que, em relação aos servidores que terão que realizar as tarefas presencialmente, todos os critérios e métodos de cuidado para não ocorrer contaminação pelo coronavíris, destacados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), estão sendo observados e que as atividades realizadas nas unidades de ensino são apenas de manutenção predial e de limpeza, como medida preventiva contra a proliferação de doenças.

Sobre os recursos pedagógicos a serem utilizados, a secretaria destacou que a propostas foram conduzidas com muito diálogo e que está baseada em três ferramentas inicialmente: o Plano de Estudo Tutorado (PET), o programa de TV “Se Liga na Educação”, que será exibido pela Rede Minas. Além disso, as redes sociais e o site da SEE também disponibilizarão conteúdo das disciplinas e ajudarão na integração das ações. Um aplicativo também está sendo desenvolvimento e deve ser incorporado aos recursos que os estudantes poderão utilizar.

Julia Sant’Anna ainda fez um apelo para que informações que não verdadeiras não sejam repassadas. Ela refletiu ainda sobre os reflexos que os conteúdos falsos causam nos alunos, famílias e nos profissionais da educação que passam por sobressaltos e acabam sofrendo sem necessidade. “É muita guerra de comunicação. Os servidores estão sofrendo muito, as famílias estão sofrendo. Vamos parar de jogar na imprensa coisa que não é verdade, as escolas não estão abertas. Por que criar mais agito nas famílias, mas ansiedade nos profissionais, por uma visão contrária a um processo que está sendo 100% cuidadoso com a forma jurídica e operacional?”, questionou.

Segundo o cronograma estabelecido pela Secretaria de Estado de Educação, 22 de abril o Plano de Estudo Tutorado (PET) será disponibilizado para os professores das unidades de ensino de todo o estado e no site da SEE. Já em 04 de maio a distribuição será feita aos aluno e no dia 11 começa a transmissão das aulas pela Rede Minas.