Ferramenta já está disponível para os diretores escolares

O ano de 2020 começa com uma novidade que vai auxiliar os diretores das escolas da rede estadual de ensino na gestão das unidades escolares. O Quadro de Horários (QH), que antes era feito de forma manual, a partir de agora é informatizado.

“É uma ferramenta nova que vai ajudar na gestão da escola. Dando mais transparência e agilidade no registro das aulas, que antes era feito no papel”, destaca a subsecretária de Gestão de Recursos Humanos, Ana Costa Rego. A ferramenta está disponível no SYSADP, sistema da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) que traz informações de todo quadro de pessoal da rede estadual de ensino.

No Quadro de Horários o diretor escolar deverá fazer o registro da atribuição de aulas de cada professor por turma, turno e horário. É importante sempre elaborar o QH a partir da Matriz Curricular estabelecida pela Resolução SEE nº 4234/2019.

A nova ferramenta permitirá ao diretor, por exemplo, o acompanhamento mais preciso do quadro de professores, o que assegurará o funcionamento pleno da unidade de ensino, de acordo com a legislação vigente.

Além disso, o uso do QH informatizado permitirá que as Superintendências Regionais de Ensino (SREs) visualizem as aulas disponíveis para movimentação de pessoal, a atribuição de extensão de carga horária aos servidores efetivos e as designações necessárias para o quadro de pessoal das escolas.

Orientações

Para auxiliar os diretores das escolas estaduais na utilização do Quadro de Horários, a SEE elaborou um manual. De maneira bem didática, o documento, que já foi encaminhado para todas as escolas, mostra como acessar o Quadro de Horários e como utilizar suas funcionalidades.

Também foram realizadas videoconferências sobre o assunto que contaram com a participação dos diretores de pessoal, do responsável pelo quadro de pessoal, do coordenador da inspeção escolar, entre outros representantes das SREs.