Escola Estadual Luiz Salgado Lima faturou o 1° lugar  nacional de educação fiscal. Foto: Leonardo Coelho

A Escola Estadual Luiz Salgado Lima, de Leopoldina, na Zona da Mata mineira, é a campeã da categoria “escolas” do Prêmio Nacional de Educação Fiscal de 2019. O projeto desenvolvido na unidade de ensino superou outros 216 que se inscreveram para a premiação e levou o troféu, entregue nessa quinta-feira (28/11), em cerimônia realizada em São Paulo (SP).

Coube a secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Julia Sant’Anna, convidada dos organizadores, fazer a entrega da premiação para toda categoria, repassando às mãos do professor Rodolfo Alves Pereira, que representou a escola na cerimônia, o reconhecimento pelo melhor trabalho.

Animado, o professor de história, idealizador do projeto, contou que não esperava que a iniciativa fosse reconhecida com o primeiro lugar, já que, segundo ele, todos os concorrentes eram muito fortes. Ainda de acordo com Rodolfo, o mais importante é que o trabalho conseguiu atrair a atenção dos alunos para a educação fiscal e ainda proporcionou que os estudantes fossem protagonistas durante o aprendizado.

“Importância enorme, grande felicidade participar e ir galgando sucesso em todas as etapas do prêmio: regional, estadual e a grande final. Foi maravilhoso e muito importante para gente, para a escola, para a cidade. A boa repercussão para a escola e os pais. Os alunos se sentindo orgulhosos da escola. Isso vem coroar um ao ano muito bom”, comemorou o professor.

Ampliação do projeto

Este é o primeiro ano que a escola desenvolveu o projeto, aplicado aos alunos das duas turmas do 8° ano da disciplina de história. Cerca de 70 alunos participaram de oficinas, aulas expositivas sobre o tema, atividades em laboratório de informática e palestras. Além disso, foi organizada visita à Câmara Municipal de Leopoldina para que os alunos aprendessem como funciona o Legislativo e a função dos vereadores. Eles foram “vereadores-mirins” por um dia e puderam perceber como é o cotidiano dos parlamentares.

A expectativa agora é que o projeto seja ampliado, como contou a diretora da escola, Josiane Badaró. Intenção compartilhada com o professor Rodolfo que também pretende envolver os pais dos alunos. “Com certeza, ano que vem vamos estender para as outras turmas da escola. Os próprios alunos já estão ansiosos com isso”, contou a diretora.

Prêmio Nacional de Educação Fiscal

O Prêmio Nacional de Educação Fiscal é uma ação da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Secretaria da Receita Federal do Brasil, a Secretaria do Tesouro Nacional, a Escola Nacional de Administração Pública e do Programa Nacional de Educação Fiscal e destaca, desde 2012, iniciativas e práticas sobre o tema fiscal, além de ressaltar a importância social dos tributos, da qualidade de aplicação dos recursos em benefício da sociedade.

Além das escolas, concorreram outras instituições como Universidades, prefeituras, ONGs, secretarias municipais, imprensa e projetos de tecnologia.