Governador destacou esforços da gestão para promover melhorias em áreas como alimentação escolar e infraestrutura. Foto: Pedro Gontijo (Imprensa/MG)

Pela terceira vez neste ano, a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, se reuniu com um grupo de mães, pais e/ou responsáveis que têm filhos estudantes em escolas estaduais mineiras para compartilhar experiências e discutir questões relativas à área, de maneira que possam ajudar na construção das políticas públicas que objetivam a melhoria da qualidade da educação no Estado. O encontro, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (30/10), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, contou com a presença do governador Romeu Zema.

O grupo é formado por oito representantes de pais e/ou responsáveis de alunos da rede estadual de diversas regiões do estado. A ideia é que as reuniões aconteçam periodicamente e funcionem como uma espécie de termômetro da efetividade das políticas públicas adotadas e das necessidades de cada região.

Durante o encontro, Zema destacou algumas medidas adotadas, neste ano, para melhorar o sistema educacional no estado. “Sabemos que ainda falta muito para termos uma educação estadual ideal em Minas Gerais. Mas estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance, apesar de todas as dificuldades financeiras enfrentadas. Já desenvolvemos ações que visam a melhorar a infraestrutura das escolas, como o “Mãos à Obra na Escola’, e também destinamos uma verba maior para a alimentação escolar, com o objetivo de melhorar a alimentação das crianças”, afirmou.

O governador também ressaltou a importância dos encontros periódicos para aproximar o poder público de quem vive a realidade no dia a dia. “Fico muitíssimo satisfeito por ver que esse grupo tem dado resultados, que esse diálogo está acontecendo. Espero que, em breve, possamos acabar com a parte do conserto e começar a do planejamento, para conseguirmos pensar no futuro e não apenas corrigir os erros do passado”, disse.

A secretária Julia Sant’Anna destacou o conhecimento desse grupo sobre as políticas públicas no estado e como esses encontros têm sido positivos, com a apresentação de sugestões e contribuições importantes. “Selecionamos pais e mães engajados para fazer as reuniões bimestrais. Criamos essa dinâmica porque o grupo tem sido colaborador na construção de políticas públicas e esses pais atuam como importantes multiplicadores em suas regiões, com uma capacidade enorme de mobilizar outros pais em todo o Estado”, explicou.

Mães e pais de estudantes da rede estadual vieram de diversas regiões do estado para encontro com secretária e governador. Foto: Pedro Gontijo (Imprensa/MG)

Participação da família

Alessandra Pereira Gomes Soares é mãe de Gabriel Soares Gomes, do 8º ano do ensino fundamental, e de Luísa Soares Gomes, do 5º ano do ensino fundamental, na Escola Estadual Manoela Faria Soares, em Unaí. Como mãe de dois estudantes da rede estadual, ela sonha que um dia as pessoas mudem a visão de que a escola pública é ruim e conta que tem feito a sua parte para isso. “Participo ativamente da vida escolar dos meus filhos e, agora, participando desses encontros, vejo o esforço do Estado em mudar essa realidade da educação pública. Tem sido uma esperança para nós”, disse Alessandra.

Esforço que também é reconhecido por Marques Alves Fonseca, pai de Emilly da Silva Fonseca, do 9º ano do Ensino Fundamental na Escola Estadual Professor Plínio Ribeiro, em Montes Claros. “Eu vejo como positivo. Logo no começo do governo, vocês tenham essa preocupação de colocar a casa em ordem. Peço ainda que priorizem a melhoria na infraestrutura das escolas, pois percebemos uma grande demanda nesse sentido”, salientou

Na reunião, o grupo tratou temas como infraestrutura das escolas, a importância da participação dos alunos nas provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), alimentação escolar, expansão do ensino médio integral, educação profissional, entre outros assuntos da área da educação. Participaram do encontro: Alessandra Pereira Gomes Soares, de Unaí; Inaiara dos Santos, de Juiz de Fora; Lenilda Azevedo, de Divinópolis; Marques Alves Fonseca, de Montes Claros; Pauline Rey Quesada de Souza Ferreira, de Alfenas; Viviane Mara Miranda Rodrigues, de Uberaba; Alina Araújo de Oliveira, de Ituitutaba; e Marli Dias, de Belo Horizonte.