Ao lado da secretária de Educação, Julia Sant’Anna, governador ressalta trabalho para regularizar transporte escolar e avançar na qualidade do ensino

Seguindo a plataforma de governo de percorrer todas as regiões mineiras, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, esteve, na manhã desta quinta-feira (21/2), em Bonito de Minas, no Norte do estado, e foi até a Escola Estadual Professor Henrique de Mattos.

O governador reforçou o compromisso da nova gestão em tratar a educação pública como prioridade de governo. Zema estava ao lado da secretária de Educação, Julia Sant’Anna, para conversar com professores, alunos e servidores da escola, localizada em um dos municípios mais pobres do estado. Bonito de Minas está entre os cinco menores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Minas Gerais.

Romeu Zema destacou o trabalho para regularizar a situação dos repasses para o transporte escolar no município, que está em atraso devido ao não pagamento de parcelas pelo antigo governo.

“Você tem que vir e conhecer de perto o problema para poder resolver direito. Estou aqui em Bonito de Minas e essa é uma das pouquíssimas escolas de Minas que ainda não restabeleceu o transporte escolar. Consequentemente, apenas tem frequentado aula metade dos alunos, mas já tomamos as medidas para que aqueles que dependam do transporte escolar estejam aqui o mais rápido possível”, afirmou o governador.

Governador reforçou o compromisso da nova gestão em tratar a educação pública como prioridade. Foto: Renato Cobucci/Imprensa MG

O governador conheceu a estrutura da escola, percorreu as salas de aula e conversou com alunos sobre a importância do estudo na formação das pessoas. Ele também ouviu professores e servidores sobre as necessidades do local e ressaltou o empenho da sua gestão que resultou na regularização dos repasses às prefeitura. Em janeiro, Romeu Zema e a secretária de Educação anunciaram R$ 48 milhões para manutenção e custeio das escolas estaduais em todo o estado, garantindo, dessa forma, o início das aulas do dia 7 de fevereiro.

O governador também conheceu algumas das atividades pedagógicas desenvolvidas na escola, como o projeto Guarda Mirim, feito em parceria com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e que tem como objetivo combater a indisciplina e despertar o interesse pelos estudos, por meio de música, brincadeiras e ações na comunidade.

Proximidade

A secretária de Educação, Julia Sant’Anna, falou sobre a característica do novo governo em estreitar os laços entre os trabalhadores da educação, alunos e governo. “Uma coisa básica, que nunca foi considerada e que nós consideramos fundamental, é a proximidade, realmente conhecer os problemas de cada unidade para conseguir apoiar da melhor forma, para garantir a aprendizagem dos alunos. Têm recursos que são básicos e essenciais, e que já são sinalizados como uma prioridade de governo, entendendo que realmente a educação é a coisa mais importante para a política pública estadual” disse.

Para a superintendente regional de Ensino da região, Stela Abreu Santos, esse esforço do governo de Romeu Zema representa uma nova direção para a educação no Estado. “Nós viemos de quatro anos de dificuldades, escassez de recursos, dificuldades para financiamento e manutenção da própria educação. Mas iniciamos as aulas no dia 7 de fevereiro com o empenho dos recursos para que todas as escolas iniciassem o ano letivo com recursos em caixa. Então, o que governador prometeu de ter como prioridade - a pauta da educação - ele está cumprindo”.

A diretora da escola, Ana Rodrigues Viana, afirmou que o objetivo é avançar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Essa visita do governador representa muito, porque no momento em que ele chega na escola e vê de perto o problema que enfrentamos, a gente se sente mais forte, mais encorajado a trabalhar melhor, a elevar o índice da nossa escola. E, para isso, é necessário este olhar e investimento. Estamos muito empenhados e com muita fé para trabalhar muito e alcançar os resultados”, disse.

Já o professor de História, Fausto Silva, trabalha há 17 anos na escola e se disse esperançoso com a visita do governador ao local. “É uma grande honra para nós ele estar aqui com os alunos e funcionários. É uma postura diferente que cativou todo mundo e nos dá esperança de mais recursos para mudar a realidade da educação aqui no Norte de Minas”, disse.

Conversa com a comunidade

O governador aproveitou a visita ao município e se reuniu com prefeitos e vereadores da região. Zema também aproveitou e, de surpresa, visitou algumas casas de uma comunidade local para conversar com alguns moradores e conhecer a realidade, os problemas e necessidades do município.

O aposentado José Lopes Barbosa, de 78 anos, e sua esposa, Ana Rodrigues Barbosa, de 65 anos, receberam com surpresa a visita do governador em sua casa. Além de contarem um pouco da história de vida do casal, que tem 12 filhos, dona Ana também apresentou à Romeu Zema o trabalho artesanal que faz, com a produção de esteiras a partir de material plástico.

“Foi uma surpresa boa receber o governador. A gente torce para que as coisas melhorem, porque nunca apareceu ninguém para conversar com a gente sobre os problemas”, afirmou o senhor José Lopes.

Já o seu vizinho, Itamar Lopes, de 29 anos, ressaltou a oportunidade de receber o governador em sua casa. “Só podemos esperar coisas boas do governo. Desde campanha, a gente via que ele tinha propostas de sempre querer ajudar a população em geral. Aqui a gente precisa de melhorar o atendimento da saúde, que está precária”. Motorista do transporte público no município, Itamar comemorou a visita do governador e o empenho em reestabelecer o transporte escolar em Bonito de Minas. “Além de levar as crianças para a escola, também vai garantir trabalho e renda para as famílias”, finalizou.

Fonte: Agência Minas Gerais