O governador Romeu Zema e a secretária de Educação Júlia Sant'Anna com os 47 superintendentes regionais de ensino. Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

 

 

A secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Júlia Sant’Anna, recebeu pela primeira vez, na tarde esta segunda-feira (21/01), equipes de servidores das 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs) e do órgão central da Secretaria para uma reunião de trabalho e de apresentação no auditório Juscelino Kubitschek, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

 

Na ocasião, Júlia Sant’Anna se apresentou, falou sobre sua experiência na área da Educação, sobre os desafios e planejamento para os próximos quatro anos à frente da Secretaria. “Um dos nossos grandes desafios é conseguir fazer as pessoas acreditarem que a Educação Pública é de grande qualidade e que ela pode entregar bons resultados. É fundamental estarmos aqui para compartilhar aquilo que acredito ser o mais importante: trabalhar unidos para ter como foco final a aprendizagem do aluno. Queremos e devemos trabalhar para reduzir índices de infrequência, reprovação por faltas e, principalmente, para melhorar os indicadores da Educação Pública de Minas Gerais, pois sabemos que nossos alunos têm capacidade para nos dar orgulho. Todos nós, gestores estratégicos, temos de estar atentos aos estudantes, que são nosso objetivo principal”, afirmou a secretária.

 

Durante a reunião, vários participantes puderam se apresentar, fazer perguntas e considerações à mesa, composta, além da secretária Júlia, pelo subsecretário de Administração do Sistema Educacional, Ricardo Martins, subsecretário de Gestão e Recursos Humanos, Antônio David Souza Júnior, e pela subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Geniana Guimarães.

Júlia reforçou, ainda, o compromisso de manter uma gestão de diálogo e escuta com os profissionais da rede estadual de ensino.

 

Liberação de Recursos

O encontro também contou com a presença do governador Romeu Zema, que anunciou a liberação de cerca de R$ 48 milhões em recursos de manutenção e custeio, transporte escolar e conectividade para garantir o início do ano letivo nas escolas estaduais mineiras no dia 7 de fevereiro, data programada pelo Calendário Escolar da Rede Estadual. Do total de recursos, R$32 milhões serão repassados aos municípios para o transporte escolar, R$15 milhões são destinados a manutenção e custeio e R$1,7 milhão para arcar com custos de conectividade.

A partir do dia 7 de fevereiro, cerca de 2,1 milhões de alunos e aproximadamente 158 mil professores iniciam o ano letivo nas 3.651 escolas da rede estadual de Minas Gerais.