Os processo de formação continuada para os diversos seguimentos profissionais e carreiras da Educação Básica em Minas Gerais são coordenados pela Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores, vinculada à Subsecretaria de Educação Básica.

Para oferecer as qualificações de maneira prática e acessível, tendo em vista o contingente de profissionais da rede estadual e a dimensão geográfica do território mineiro, a Escola de Formação aposta cada vez mais no uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) como recurso para orientar, disseminar e potencializar os processos formativos nas escolas e no sistema estadual como um todo.

A Escola dispõe de estrutura física e recursos tecnológicos necessários para que aconteçam formações em modalidade presencial, semipresencial e a distância. No campus Gameleira, em Belo Horizonte, são oferecidos equipamentos culturais como o Museu da Escola Professora Ana Maria Casassanta Peixoto, o Laboratório de Ciências Naturais Professor Leopoldo Cathoud e a Biblioteca Professore Bartolomeu Campos de Queiróz – espaços de formação abertos à visitação de escolas, pesquisadores e da comunidade em geral – além de um auditório com capacidade para 100 pessoas e salas de aula para desenvolvimento de cursos e oficinas.

As ações, materiais e ferramentas digitais que organizam a política de formação da SEE/MG estão reunidos no Portal da Escola de Formação. Nesse portal a comunidade educativa é remetida à Escola Interativa, ao Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA/moodle e à TV WEB. Cada um desses recursos virtuais tem possibilidades interativas diferentes, que os caracterizam e definem sua aplicabilidade.

A Escola Interativa é plataforma que reúne recursos e objetos digitais de aprendizagem (ODAs) que são categorizados e permitem buscas por componentes curriculares, por etapas, anos de escolaridade ou modalidades de ensino. Estes recursos apoiam professores e alunos no processo de ensino e aprendizagem. A plataforma é interativa, permitindo não só a consulta, mas também a colaboração dos usuários, que podem compartilhar ODAs e/ou planos de aula, aumentando gradativamente o repositório virtual.

O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) utiliza a plataforma moodle para estruturação dos cursos on-line, empregando diferentes mídias (textos, vídeos, podcasts, animações etc.) para disseminação dos conteúdos de formação e dispõe de ferramentas específicas que permitem avaliar e acompanhar o desempenho dos cursistas e ainda promover a interação entre alunos, tutores e professores dos cursos ofertados, através de recursos como fóruns, chats, webconferências e outros.

A TV Web, dispõe de um estúdio onde são gravados vídeos em diferentes formatos (videoaulas, entrevistas, falas institucionais) que agregam à estrutura dos cursos, tornando-os mais atrativos.

Todas as tecnologias e novas mídias disponíveis são utilizadas para reforçar e consolidar a Educação a Distância (EaD), modalidade em que a SEE confia como uma forma de expandir e possibilitar as formações ao maior contingente possível de servidores.

A Escola de Formação não produz, sozinha, todos os conteúdos formativos. As formações são planejadas e organizadas a partir das demandas da rede, em parceria com as áreas e setores internos da SEE ou com parceiros externos, como as Instituições de Ensino Superior (IES) e outros órgãos educativos. O compromisso é de sempre dialogar com a área que estrutura ou que solicita uma formação para saber quais as demandas e as especificidades do território ou do público-alvo, oferecendo suporte quanto a recursos e materiais que podem ser utilizados.

Notícias Formação dos profissionais da Educação Feed RSS