A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) divulgou, nesta quarta-feira (25/03), as cinco iniciativas escolhidas no Desafio do Transporte Escolar Rural e que serão implementadas em projeto-piloto. As propostas foram selecionadas após serem apresentadas à Comissão de Análise de Soluções Inovadoras, conforme edital de chamamento público publicado pela SEE/MG.

Durante o processo de escolha foram recebidas 23 propostas por meio do formulário de inscrição. Desse total, 18 enviaram a descrição detalhada, como previsto no edital, e 10 foram selecionadas para a etapa seguinte, realizada no dia 20 de março.

Devido às medidas de combate e enfrentamento ao coronavírus (COVID-19), determinadas pelo governador Romeu Zema, por meio do decreto 47.886/20, a apresentação, anteriormente prevista para ser presencial, em evento na Cidade Administrativa, foi realizada por videoconferência.

Foram destinados até cinco minutos para que cada iniciativa se apresentasse e, na sequência, a mesma quantidade de tempo para que a equipe respondesse aos questionamentos da comissão. A pontuação final, conforme o edital de chamamento público, considerou as soluções tecnológicas ou de processos que permitam otimizar e tornar mais preciso o fornecimento de dados sobre rotas, quilometragem e alunos transportados nas zonas rurais e atendidos no Programa Estadual de Transporte Escolar (PTE-MG).

De acordo com o gerente do projeto Desafio do Transporte Escolar Rural da SEE/MG, Evânio Araújo, a iniciativa é um marco importante para dar mais qualidade e permitir um aprimoramento no desenvolvimento das políticas públicas. “Essa ação reforça a importância do transporte como instrumento para inclusão e acesso escolar. Esperamos que, com os testes, a gente possa se aproximar ainda mais dos municípios, fornecendo meios para melhor controle e prestação do serviço”, considera.

A iniciativa tem como parceiros a Fundação Lemann, Omidyar e o Banco Interamericano de Desenvolvimento que apoiarão financeiramente o desenvolvimento das cinco soluções com valor de até R$ 30 mil para cada uma colocar sua proposta em prática, totalizando até R$ 150 mil aplicados.

Confira, abaixo, as cinco iniciativas selecionadas:

1. MSTech
A solução é um sistema de gestão do transporte escolar aliado a aplicativo mobile que permite funcionamento offline. O aplicativo grava as rotas e permite indicação dos pontos de parada, gestão dos alunos usuários, monitoramento da rota, entre outras funcionalidades. O sistema também permite planejamento das rotas no sistema e sugere otimização (menor km).

2. Certificação ID Digital
A solução envolve aplicativos móveis para alunos, motoristas e gestores. Cada aluno tem uma ID estudantil digital (ou física) com QR Code e cada motorista tem um QR Code para o seu veículo cadastrado. Os apps são integrados a um sistema de gestão do transporte escolar. A solução permite registro online e offline de pontos de parada, data e hora do local de embarque e desembarque.

3. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
O sistema desenvolvido pela Universidade gera rotas ótimas e o cálculo dos custos das viagens por veículo e por aluno, por município, a partir da informação da localização da residência dos alunos que utilizam o transporte, das escolas em que estão matriculados e da malha rodoviária que interliga os alunos às respectivas escolas.

4. Milênio Bus
Hardware patenteado e desenvolvido pela empresa que possibilita identificar, por meio de dispositivos bluetooth acoplados (por ex. em mochilas de alunos), quais passageiros utilizaram o transporte e qual foi a rota realizada pelo veículo. O módulo realiza a transmissão de dados em tempo real para os gestores e de maneira automática através de internet e permite coleta dos dados offline.

5. Mobi Mark
Plataforma e dispositivo IoT para a identificação, monitoramento e segurança dos alunos durante a execução de rotas por redes de transporte escolar público multimodelos. O aluno registra o uso em aparelho instalado no veículo através de id individual disponível em diversos formatos. A solução também contempla aplicativo móvel para motoristas e famílias e dashboards para gestores.

Clique aqui e confira a classificação completa do Desafio do Transporte Escolar Rural.