Cerca de 300 crianças de 9 a 12 anos receberam o certificado de participação no Proerd, no auditório JK da Cidade Administrativa. Foto: Franciele Xavier

Cerca de 300 estudantes de 21 escolas estaduais, municipais e privadas de Belo Horizonte e região metropolitana receberam, na manhã desta quinta-feira (11/7), seus certificados de conclusão da participação no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), realizado pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) em todo o Estado.

A cerimônia de formatura aconteceu no Auditório Juscelino Kubitschek, na Cidade Administrativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte, e contou com as presenças do governador Romeu Zema, do secretário adjunto de Estado de Educação, Edelves Rosa Luna, e do comandante geral da PMMG, coronel Giovanne Gomes da Silva. A programação incluiu a premiação de alunos vencedores do concurso de redação do programa e homenagens a policiais instrutores que se destacaram durante as atividades.

“Meus parabéns a todas as crianças de Minas Gerais que concluíram, neste semestre, o Proerd e disseram não às drogas. Vocês são o futuro de paz e harmonia que queremos a nosso Estado. Meus cumprimentos também aos policiais militares que se empenham para orientar nossos estudantes”, disse o governador Romeu Zema, em seu pronunciamento.

O secretário adjunto de Estado de Educação, Edelves Rosa Luna, esteve presente na solenidade:

Para o secretário adjunto de Educação, Edelves Luna, a relevância do Proerd está no fato de ser um programa de formação humana e cidadã. “É muito importante para as nossas escolas estaduais e para todas as redes de ensino porque, efetivamente, trata-se do cuidado com a vida. Ficamos muito felizes de participar dessa celebração, que significa o início de um projeto de vida para essas crianças”, destacou.

O coronel Giovanne explicou, em seu pronunciamento, que o Proerd é o maior exemplo de interação entre escola, família e a polícia militar e que, em Minas Gerais, já alcançou cerca de 3,6 milhões de crianças. “O resultado disso é imensurável, uma vez que os ensinamentos do programa sobre boa conduta, honestidade, respeito e responsabilidade passam a fazer parte do caráter delas”, afirmou o comandante.

As escolas estaduais que participaram da cerimônia de formatura do Proerd foram Afonso Pena, Bueno Brandão, Deputado Simão Cunha, Maria Belmira Trindade, Nila Farade, Pandiá Calógeras e Padre Eustáquio. A diretora da Escola Estadual Pandiá Calógeras, Marta Eliana Azeredo Campos, afirma o programa acontece na escola há 10 anos e é muito bem aceito pelos alunos. “O retorno é muito positivo e os estudantes gostam muito. Dá para ver que eles levam para a vida toda as lições que aprendem durante o Proerd”, disse Marta.

Proerd em Minas Gerais

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) teve início em Minas Gerais em 1998 e está presente em todas as regiões do Estado. Até o momento, cerca de 600 policiais já foram capacitados para serem instrutores do programa e ministrá-los nas escolas, dentro da sala de aula. Semestralmente, cerca de 500 municípios são atendidos e, só neste primeiro semestre de 2019, 93 mil crianças de 9 a 12 anos concluíram sua participação no Proerd.