Na edição do ano passado, 93 estudantes de escolas públicas mineiras conquistaram medalha de ouro na competição

Matheus Barreto Ferreira dos Santos é aluno da Escola Estadual Adelaide Bias Fortes, em Barbacena. Mas, nesta semana, ele esteve em Salvador, na Bahia, para receber sua primeira medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Na segunda-feira (8/7), ele participou da cerimônia de entrega das medalhas para jovens de todo o país. Entre as 575 medalhas de ouro entregues, 93 foram para estudantes mineiros de escolas públicas.

Atualmente no 7º ano do ensino fundamental, Matheus conta um pouco da experiência que está vivendo. “Está sendo muito positivo. Estive na presença de muitas pessoas importantes, como do Marcos Pontes que é ministro e já foi astronauta. Ele deu um depoimento muito legal sobre como ele conseguiu chegar onde chegou”, falou.

Matheus conquistou sua primeira medalha em 2018 e já está se preparando para a edição deste ano da competição. Foto: Arquivo Pessoal

O estudante contou, ainda, sobre a alegria em viajar de avião, de conhecer a praia e da satisfação com a conquista. Também destacou a importância da família na sua trajetória. “Com a premiação, fiquei muito orgulhoso de mim e meus familiares também. Minha família não teria condições de pagar uma viagem dessa e cheguei à conclusão de que o estudo pode me abrir muitas portas”, ressaltou.

Veterana na Obmep, Giovanna Grossi Monteiro já conta com três medalhas de ouro e uma de prata. Para a aluna do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Terezinha Pereira, em Dores do Turvo, participar das cerimônias de premiação é um incentivo. “Significa muito para mim, tanto pela medalha em si quanto pela viagem. Durante esses anos que participei das cerimônias de premiação conheci pessoas incríveis com quem ainda mantenho contato e pude aproveitar muito. Por isso, eu sempre tento correr atrás de mais ouros, o objetivo é sempre voltar para a convenção nacional”, afirma. Além de Salvador, a estudante já conheceu também a cidade do Rio de Janeiro.

Obmep 2018

Em sua 14ª edição, a Obmep reuniu concorrentes de 54.498 instituições de ensino públicas e privadas, de 99,4% dos municípios brasileiros. Dos 18,2 milhões de estudantes inscritos, 952.782 foram classificados para a segunda fase da disputa.

A Obmep é realizada desde 2005 pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) apoia a iniciativa.

Foram premiados estudantes de todo o país. Foto: Marcus Claussen/ OBMEP

Mineiros na Obmep 2018

Além das medalhas de ouro, os estudantes de escolas públicas mineiras que participaram da edição de 2018 também faturaram 319 medalhas de prata e 912 de bronze. Confira aqui os medalhistas.

Enviar para impressão