Estudantes entrevistaram membros da comunidade escolar

Como atividade pedagógica ligada à “Semana de Educação para a Vida”, realizada no mês de novembro, direção, professores, alunos e comunidade escolar da Escola Estadual Professor Francisco Rocha, localizada no município de Córrego Danta, produziram um vídeo-documentário de incentivo e valorização do acesso à educação.

Para tanto, alunos dos Ensinos Fundamental e Médio, orientados por seus respectivos professores, entrevistaram membros da comunidade escolar (pais, alunos, avós, tios e outros voluntários), coletando relatos sobre as dificuldades que estas pessoas enfrentaram em sua trajetória escolar, e as razões que as levaram a não concluir a educação básica.

Atividade foi realizada durante a Semana da Educação Pela Vida. Foto: Divulgação da Escola

As entrevistas resultaram em um registro audiovisual que reflete as consequências da baixa escolaridade na vida de pessoas que, por dificuldades de deslocamento, por questões financeiras ou por necessidade de trabalho precoce (entre outros motivos) abandonaram a escola e hoje percebem que isso limitou suas escolhas profissionais e suas oportunidades de desenvolvimento pessoal.

O documentário intitulado “Direito e Valorização à Educação” foi exibido para todas as turmas da escola e oportunizou a realização de reflexões entre os alunos sobre a escolarização como meio para o alcance de melhores condições de vida. “Logo após a exibição, foi realizada uma discussão sobre as realidades educacionais apresentadas no documentário, confrontando-as com os direitos adquiridos atualmente. O diálogo foi bastante produtivo no sentido de sensibilizar, incentivar e motivar os estudantes para um melhor aproveitamento das oportunidades educacionais que hoje eles têm”, comenta Robson de Souza Rocha, diretor da escola.

Clique aqui e assista ao documentário.

Para além do currículo básicoA Semana de Educação para a Vida foi instituída pela Lei Federal nº 11.988, de 27 de julho de 2009 e se aplica às escolas públicas de Ensino Fundamental e Médio de todo o país. As atividades da Semana são realizadas em um período determinado pelas Secretarias de Educação, destinando-se à abordagem de conhecimentos relativos a matérias não constantes do currículo obrigatório, tais como: Ecologia e Meio Ambiente, Educação para o Trânsito, Saúde, Direito do Consumidor, Estatuto da Criança e do Adolescente, etc. Tais temas são explorados de maneira que a comunidade escolar como um todo seja envolvida, ampliando a experiência educacional para além dos muros da unidade de ensino.

Texto: Andreia Mendes