Comissão é formada por servidores do Órgão Central com formação na área de linguagens e/ou experiência em participar de bancas avaliadoras

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), por meio da Diretoria de Ensino Médio, definiu, na terça-feira (4/6), os servidores da pasta que serão integrantes da Banca de Avaliação das redações dos concursos Jovem Senador e Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), ambos voltados para estudantes do ensino médio de todo o país.

A divulgação da comissão atende a uma orientação da Câmara de Deputados e do Senado Federal que busca uma maior transparência do processo. Ficarão responsáveis pela correção dos textos os servidores da SEE e educadores Anizio Viana da Silva, Claudio Magalhães, Katia Borges, Lidia Suzana Santos Fontes Pereira, Luciana Ferreira Perônico, Maria Dirce Ribeiro Gontijo, Mônica de Oliveira Ribeiro Couto, Samira Maria Araujo, Silvana Provensani de Almeida e Silva e Thales Gonçalves de Melo. A banca é constituída por servidores do Órgão Central com formação na área de linguagens e/ou experiência em participar de bancas avaliadoras.

As inscrições para o PJB já se encerraram e para o Jovem Senador estão abertas até o dia 16 de agosto. A primeira reunião da comissão está marcada para quinta-feira (6/6) e irá definir o cronograma de avaliação dos projetos de lei enviados pelos cerca de 100 alunos que se inscreveram no PJB.

PJB

O Parlamento Jovem Brasileiro proporciona aos estudantes de ensino médio vivenciarem, na prática, por uma semana, o trabalho dos deputados federais, com elaboração de projetos de leis e debates sobre temas de grande importância para o país na Câmara dos Deputados. Além disso, inclui o desenvolvimento de habilidades como domínio da linguagem, compreensão de fenômenos, enfrentamento de situações-problema, construção de argumentação e elaboração de propostas que são as principais competências da matriz de referência do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM).

Em 2019, serão selecionados 78 projetos de lei. O número de vagas para deputados jovens por Estado e pelo Distrito Federal é proporcional ao número de deputados federais. Minas Gerais, por exemplo, conta com 53 deputados e terá direito a indicar oito jovens. Outras informações no Guia PJB 2019

Projeto Jovem Senador

Este programa é desenvolvido, anualmente, e proporciona vivência parlamentar para alunos do ensino médio da rede pública estadual de até 19 anos, desenvolvendo inclusive um concurso de redação que objetiva inserir o jovem na política. Além disso, a iniciativa busca, também, a reflexão crítica sobre o tema “Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil”.

O concurso de redação seleciona 27 alunos, um de cada unidade da Federação, para representar seu estado em um mandato de uma semana em Brasília. Confira outras informações sobre a iniciativa.

 

Enviar para impressão