A professora Keila Costa durante aplicação das provas da Obmep para o 6º ano do ensino fundamental na Escola Estadual Leon Renault, em Belo Horizonte. Foto: Rafael Fernandes (SEE/MG)

Nessa terça-feira (21/5), cerca de 1,4 milhão de alunos da rede pública estadual de Minas Gerais fizeram as provas da primeira fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Os testes foram aplicados em todo o país.

Na Escola Estadual Professor Leon Renault, no bairro Gameleira, em Belo Horizonte, cerca de 1.100 alunos, dos ensinos fundamental e médio, fizeram os testes. Fundada em 1966, a escola tem tradição de sucesso na competição. Diversos estudantes da unidade já foram premiados em edições anteriores da olimpíada.

“Os alunos de nossa escola são empolgados com a Obmep. Temos ótimos estudantes aqui. Muitos se dedicam bastante na preparação, formam grupos de estudos e recebem bastante orientação e apoio dos professores. Esperamos que neste ano tenhamos bons resultados assim como em anos anteriores, quando tivemos alunos que ganharam medalhas de ouro, prata e bronze”, afirmou a diretora Antônia Mary Martins dos Santos.

Professora da rede estadual há 25 anos, Keila Simone Monteiro Costa é uma das nove professoras de matemática da Leon Renault. Ela disse que a instituição possui muitos talentos e vislumbra um futuro promissor para os estudantes.

“Leciono há 13 anos aqui na escola. Já tivemos muitos resultados excelentes em olimpíadas anteriores. Esperamos que neste ano os resultados positivos venham de novo. A preparação foi muito boa. As aulas renderam bastante. Temos alunos espetaculares, com grandes chances de conseguirem muito sucesso na vida”.

Emily Stephany, de 11 anos, aluna do 6º ano do ensino fundamental, gostou de participar pela primeira vez da Obmep e de estudar para as provas. “Adoro as aulas da professora Keila. Ela nos ensina bastante. Isso me ajudou muito hoje na prova”.

Para João Vítor, também de 11 anos e também do 6º ano do ensino fundamental da Professor Leon Renault, o direcionamento dado pelos professores da escola o ajudou a ficar motivado para participar da competição. “É a primeira vez que faço a prova. As aulas de matemática aqui são bem explicadas e focadas, e isso foi muito bom”.

Sobre a Obmep

Destinada a estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, a olimpíada é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). A lista de classificados para a segunda fase será divulgada no próximo dia 5 de julho.

Criada em 2005 pelo IMPA, a Obmep tem como metas estimular o estudo da matemática, revelar talentos, incentivando-os ao ingresso nas áreas científicas e tecnológicas, e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

Enviar para impressão