Provas serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro
Estudantes têm até sexta-feira (17/5) para fazer inscrição

Daniely Etelvina Oliveira Guimarães Pereira já garantiu sua participação na edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ela se inscreveu no segundo dia para não perder o prazo e alerta para que os colegas fiquem atentos. “O Enem abre muitas portas e é importante não perder a oportunidade. Fiz minha inscrição nos primeiros dias para garantir e por empolgação”. As inscrições para o exame podem ser feitas até a próxima sexta-feira (17/5).

 

Na Escola Estadual Elias Salomão, em Mateus Leme, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde Daniely cursa o 3º ano do ensino médio, eles incentivam a participação dos alunos e reforçam as possibilidades que o Enem traz para os jovens. “Aqui nós fazemos um trabalho de mobilizam para que todos os alunos conheçam o exame e se inscrevam”, destaca a diretora, Fátima Aparecida Gaia.

Na Escola Estadual Elias Salomão estudantes do ensino médio participam do Pré-Enem. Foto: Arquivo da Escola

Segundo a diretora, além de incentivar a participação dos estudantes, na escola é desenvolvido o Pré-Enem. “Acontece todos os sábados e conta com a participação dos alunos da escola. Os professores são voluntários e dão aulas de conteúdos que geralmente caem no exame”. A ação acontece por meio de parcerias com os educadores. A primeira aula acontecerá no próximo sábado (18/5).

Aulão Enem
Com o objetivo de reforçar a preparação dos alunos do 3º ano do ensino médio da rede estadual para as provas do Enem, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) promove no próximo sábado (18/05) o primeiro aulão do ano. Participarão da ação as escolas vinculadas às Superintendências Regionais de Ensino Metropolitanas A, B e C.

As aulas acontecem das 8h às 12h30 e a inscrição, limitada a 400 alunos, pode ser feita gratuitamente pelo Sympla até o dia 17 de maio. A ação é realizada em parceria com o Centro Universitário Una e com o Chromos Preparatório.

Dentro do conteúdo a ser repassado aos estudantes neste primeiro aulão estão “Orientações Gerais sobre o Enem”, “Financiamento, Pro-Uni, Fies e Sisu”, “Dicas de Redação” e “Ciências Naturais nas Especificidades da Física”. Ao todo, serão realizados quatro aulões.

Inscrições
As inscrições para o Enem devem ser feitas até 23h59 do dia 17 de maio, no Sistema Enem. Todos os participantes precisam fazer inscrição, inclusive aqueles que tiverem a isenção aprovada. Quem não teve o pedido de isenção aceito deve pagar a taxa de R$ 85, até 23 de maio. O Enem é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os participantes que necessitarem de atendimento personalizado devem solicitá-lo durante a inscrição. Surdos, deficientes auditivos e surdocegos deverão informar se usam aparelho auditivo ou implante coclear. Para quem deseja inserir o nome social, as informações poderão ser preenchidas no site entre os dias 20 e 24 de maio.

As provas do Enem acontecerão nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Já no segundo dia do exame serão aplicadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. A aplicação terá 5h de duração.

Enem

As notas do Exame permitem ao estudante se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) que condensa as vagas de universidades públicas de todo o país.

No caso de o aluno optar por universidades privadas, o Enem é necessário para acessar as modalidades de financiamento ofertadas pelo Governo Federal. Para concorrer a uma das bolsas do Programa Universidade Para Todos (ProUni), por exemplo, é necessário que o candidato tenha obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não tenha zerado a redação. O ProUni oferece bolsas que variam de 50% a 100%.

Outra forma de apoio financeiro que também tem como pré-requisito a realização do Enem é o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Neste caso, há uma modalidade com juros zero, para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos, e outra com juros que variam de acordo com a instituição bancária. O Fies pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso.