O secretário adjunto de Educação, Edelves Rosa Luna, e a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Geniana Guimarães, durante reunião com servidores do órgão central da SEE. Foto: Franciele Xavier

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) realizou nesta sexta-feira (3/5) reunião de apresentação dos resultados do Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) e Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb) de 2018. Também foram apresentadas as ferramentas disponíveis no Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação (Simave) para diretores, coordenadores e assessores da Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica.

O encontro aconteceu na Cidade Administrativa e contou com a presença do secretário-adjunto de Educação, Edelves Rosa Luna, e da subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Geniana Guimarães. Com a apresentação, a equipe da Superintendência de Avaliação Educacional (SAE) pôde familiarizar os servidores da SEE com os recursos de diagnóstico, análise e avaliação que podem ser usados para conduzir as ações da secretaria a partir dos resultados de Proeb e Proalfa e também com base nos dados das próximas avaliações que surgirem.

Para o secretário adjunto Edelves, o momento é de unir esforços e direcionar as ações da SEE com foco na escola e no aluno para alcançar bons resultados na rede estadual de ensino em Minas GErais. “Temos uma equipe com conhecimento histórico e expertise, dipomos de ferramentas robustas para chegar onde queremos, que é melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do nosso Estado. Estamos trabalhando para isso e ainda vamos comemorar muitas vitórias”, disse.

Além de exemplificar o uso do Simave e suas ferramentas, a reunião também foi uma oportunidade de integração entre as equipes que precisaram estar alinhadas para conduzir ações importantes a partir de resultados de avaliações internas e externas da SEE. “Temos muitos instrumentos disponíveis e precisamos nos apropriar cada dia mais deles. Esse momento de interação entre servidores de várias coordenações e diretorias é extremamente importante para estarmos em sintonia e saber, juntos, quais caminhos seguir para alcançar nossas metas”, disse a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Geniana Guimarães.

Orientação às escolas

Além de realizar a reunião entre equipes do órgão central, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) tem reforçado junto às escolas estaduais da rede a importância do uso das ferramentas do Simave para analisar suas políticas públicas, ações pedagógicas e administrativas em busca contínua de melhoria da qualidade dos processos de ensino e aprendizagem.

Por meio das Superintendências Regionais de Ensino, a SEE enviou a cada unidade escolar da rede estadual um ofício com orientações e guia de passo a passo para utilização do sistema, bem como para a análise dos resultados que ele oferece. Os índices de Proeb e Proalfa de 2018 também já estão disponíveis para as escolas.

O Simave é composto de ferramentas interativas e acessíveis a todos os educadores. A partir dos indicadores e das avaliações que ele sugere, é possível que a escola reflita sobre a gestão e o acompanhamento contínuo e consciente do processo de ensino e aprendizagem.