Alunos do curso técnico em Mecânica Industrial da Escola Estadual Técnica Sandoval Azevedo executam Projeto Interdisciplinar: Protótipo de Ponte Rolante. Foto: Ascom/Fundação Helena Antipoff

Os 60 alunos das duas turmas noturnas do curso de Mecânica Industrial da Escola Estadual Técnica Sandoval de Azevedo, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, encerraram o primeiro módulo de aulas com chave de ouro: apresentando o seu primeiro Projeto Interdisciplinar, que engloba todo o conhecimento adquirido durante a fase inicial do curso.

Desafio lançado, desafio cumprido. A missão dada aos alunos era desenvolver um inovador Protótipo de Pontes Rolantes capaz de içar um objeto de cinco quilos a uma altura de um metro. Os estudantes das turmas MEC-5N e MEC-6N se dividiram em três equipes e se dedicaram ao projeto por dois meses. Todos eles conseguiram cumprir a missão. O primeiro módulo se encerra no dia 26 de fevereiro, mas  os estudantes apresentaram o projeto nesta quarta-feira (20/02).

O principal objetivo da tarefa era fazer com que eles aplicassem, na prática, todo o conteúdo teórico adquirido em sala de aula. De acordo com a supervisora dos cursos técnicos dos turnos tarde e noite, Cláudia Debortoli, o projeto interdisciplinar permitiu que os estudantes entendessem o porquê dos cálculos serem fundamentais, e de aprender sobre desenho técnico. “Eles compreenderam a importância de cada matéria teórica, pois sem elas nada sairia do papel. A construção desse protótipo foi um processo muito educador. Acredito que eles entenderam melhor a função da mecânica industrial”, disse Cláudia.

Apesar do bom desempenho em relação ao processo de aprendizagem, os resultados alcançados com a execução do projeto foram além da combinação entre teoria e prática. De acordo com Cláudia, durante o processo de construção do Protótipo de Ponte Rolante, os estudantes puderam entender melhor sobre erros e acertos, espírito de equipe e superação.

“Durante apresentação, pudemos ver que os olhinhos deles brilharam. Acredito que eles nunca imaginavam que participariam de um processo como esse, nunca pensaram que pudessem fazer um protótipo que materializasse tudo que eles estudaram. Mas os frutos que colheram foram muito mais do que praticar a teoria. Eles viram que é normal errar, que o acerto vem depois de muitas tentativas, que é muito importante trabalhar em equipe para chegar a uma solução. Ouvi de um dos alunos que o maior ganho foi da união entre os estudantes, mesmo entre os grupos”, disse a supervisora.

A apresentação dos protótipos foi feita no Laboratório Especial de Mecânica para uma equipe de professores que avaliou, criteriosamente, cada detalhe dos três projetos e atestou que todos eles cumpriram a missão de içar o objeto com o peso e altura estabelecidos.

Curso Técnico em Mecânica Industrial

O curso técnico em Mecânica Industrial da Escola Estadual Técnica Sandoval de Azevedo, que é coordenada pela Fundação Helena Antipoff, vinculada à Secretaria de Estado de Educação, tem o objetivo de formar profissionais com habilitação Técnica de Nível Médio em Mecânica para atuar nos diversos segmentos do mercado, como desenvolvimento de projetos, aplicação de processos de produção mecânica, realização de manutenção mecânica de máquinas e equipamentos, entre outros, sempre considerando normas técnicas e padrões de qualidade, saúde, segurança do trabalho e meio ambiente.

Estudantes analisam desenho do Protótipo de Ponte Rolante. Foto: Ascom/Fundação Helena Antipoff